Franquia de comida árabe: perguntas e respostas

Mariana Moraes - Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.
Escrito porMariana Moraes

Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.

6 perguntas e respostas para quem quer abrir uma franquia de comida árabe

Está pensando em abrir uma franquia de comida árabe? Ela vai ser delivery ou presencial? Quanto você vai gastar para transformar essa ideia em realidade? E qual o melhor local para abrir?

As dúvidas são muitas sempre que se fala sobre franquias - inclusive, se é um investimento vantajoso a médio e longo prazo.

Para solucionar todas as suas dúvidas, a Saipos preparou este conteúdo com as 6 principais perguntas sobre franquia de comida árabe.

E, antes de continuar lendo, faça download do e-book “Como tornar meu restaurante mais eficiente”, feito pela Saipos com muitas dicas para sua franquia! Aperte no banner e baixe grátis!

1. Como funciona o processo para ter uma franquia de comida árabe?

Segundo a Central do Franqueado, uma franquia é um modelo de negócio que comercializa o direito de uso de uma marca, patente, infraestrutura, know-how e direito de distribuição.

De forma resumida, quando se adquire uma franquia de restaurante, o investidor recebe a liberação para usar um nome já popular. 

Além disso, o que mais chama a atenção para esse tipo de negócio é a possibilidade de fazer treinamentos para padronizar o atendimento, preparos e outros processos.

Essa questão faz com que muitos empreendedores se motivem a investir no segmento de franquias restaurante, visto que, se deu certo para a empresa matriz, há grandes chances de acontecer o mesmo com os franqueados.

Mas, para isso, é necessário arcar com um valor significativo em taxas, como a cobrança de royalties, que é calculada de acordo com o faturamento da unidade. É como uma participação de lucros.

Também é necessário arcar com a taxa de franquia, que costuma ser o valor que mais pesa no bolso, apesar de ser um valor único.

Também é obrigatório pagar um valor mensal para as ações de marketing da rede, já que elas beneficiam todas as unidades.

2. Qual é o melhor lugar para abrir uma franquia de comida árabe?

Antes de responder essa pergunta, é importante que você entenda que existem várias possibilidades no formato do seu novo negócio.

É possível atender delivery, presencial, abrir uma franquia que lembre o estilo de um bar, ou um ambiente mais familiar.

Para cada caso há um local que comporta melhor as características do estabelecimento. Mas fique tranquilo, porque vamos te explicar detalhes sobre a melhor localização de todos os modelos de atendimento.

Em shoppings e centros comerciais

Se você pretende abrir a sua franquia de comida árabe em um shopping ou centro comercial onde há grande movimentação, aposte em atendimentos presenciais.

Montar uma Loja de shawarma, esfiha e lanches árabes mais rápidos são uma ótima pedida para esses locais. Shoppings por si só já lembram fast-food, e você pode trabalhar isso para dar mais notoriedade ao seu restaurante.

No entanto, tudo vai depender do tipo de shopping escolhido. Os mais populares são perfeitos para franquias que lembram lanchonetes bem despojadas. Mas, se o ponto comercial for mais requintado, aposte em um espaço mais reservado.

Em áreas movimentadas do centro da cidade

Seguindo a linha da opção anterior, não existem motivos para escolher um local super movimentado se a ideia for abrir uma franquia delivery. Por isso, aproveite a circulação de pessoas para também pensar em negócios com uma cara mais popular - self-service e lanches são a melhor aposta.

Em bairros com menor fluxo de pessoas

Bairros mais reservados são perfeitos para quem quer abrir uma franquia de alto padrão, para jantares e eventos formais. 

Muitas pessoas buscam restaurantes típicos de comida árabe, justamente, por terem interesse em estar em um ambiente mais intimista, discreto e privativo.

Para quem tem a intenção de abrir uma franquia delivery, não há necessidade de escolher um espaço movimentado. Inclusive, porque essa opção pode causar atrasos nas entregas, devido aos congestionamentos.

3. Delivery ou presencial, qual a melhor opção?

Uma franquia de comida árabe possui grandes chances de sucesso, independentemente da modalidade de atendimento.

Entretanto, é necessário pensar bem e fazer uma análise financeira sólida em relação aos custos fixos e variáveis de cada opção. 

Manter um delivery sempre será mais barato, mesmo com as taxas de franquia. Mas, para tomar essa decisão que vai nortear todos os passos futuros no seu negócio, é preciso considerar várias questões.

A eficiência no atendimento precisa ser prezada, e não importa o formato de atendimento. Para te ajudar nisso, a Saipos criou o e-book “11 dicas para melhorar o atendimento do seu restaurante”. Aperte no banner e baixe grátis!

Faça uma análise de mercado

O estudo de mercado é um passo obrigatório para quem quer empreender, embora muitos donos de restaurante pulem essa etapa fundamental.

Uma análise dará insumos para entender os caminhos mais vantajosos e retirar da lista, definitivamente, os que não parecem lucrativos.

Ok, mas como eu faço uma análise de mercado? Existem diversas formas de fazer esse estudo, mas o importante mesmo é armazenar todos os dados e insights descobertos.

É preciso conhecer a concorrência para entender com quem se está lidando. Na sua região já existem deliveries de comida árabe? E restaurantes presenciais?

Sempre que houver uma oportunidade de andar fora da curva, não perca tempo! Ser diferente do mercado é a principal forma de garantir um lugar de sucesso.

Além de conhecer os concorrentes diretos, dê uma boa conferida em tudo o que há no setor de alimentação ao seu redor. 

Também é importante conhecer o seu público-alvo e definir de forma concreta o foco do seu negócio. Serão jovens? Pessoas em horário de trabalho? Famílias? Interessados em happy hours?

Ter objetivos bem delimitados faz com que o seu planejamento seja muito mais eficiente, e garante que você fará uma boa escolha na hora de escolher a sua franquia!

Parcerias podem ajudar!

Já pensou como seria bom entender exatamente o que o seu futuro cliente gostaria de encontrar na sua franquia de comida árabe?

Há uma maneira simples de mensurar isso! Atualmente, existem muitos influenciadores digitais, pessoas “gente como a gente”, que costumam ser receptivos para parcerias.

Nesse sentido, uma possibilidade interessante é levantar uma enquete por meio dos canais desses influencers para captar as ideias e interesses do seu público sobre o seu futuro empreendimento.

Na seleção de quem melhor poderá divulgar essa pesquisa virtual, opte sempre por figuras relacionadas ao nicho de alimentação.

Para cada momento de negócio, existe uma opção mais inteligente. Franquear um restaurante é uma ação que só deve ser feita após muitos anos de experiência, ou um sucesso estrondoso de vendas.4. Devo investir em franquias externas ou franquear meu próprio restaurante?

Dificilmente alguém irá investir em uma marca com pouca trajetória, que não tem resultados sólidos. É necessário segurança e confiança para que um empreendedor decida investir!

Por isso, se você já tem um em estabelecimento há algum tempo, com boa lucratividade e experiências sólidas no mercado de alimentação, pode começar a montar a sua franquia de comida árabe.

Já quando a dúvida é sobre investir ou não em franquias externas, considere sempre o momento de compra. Se a rede estiver em um pico de crescimento e o investimento representar lucros extraordinários, não pense duas vezes.

Agora, se você só quer mirar em um novo empreendimento, sem muitas certezas, a melhor opção é investir na sua marca própria. Lembre-se de que, mesmo administrando uma franquia, no fundo ela sempre será de uma rede, e não totalmente sua. 

5. Quais as melhores franquias de comida árabe?

Habib’s

Impossível nunca ter ouvido falar do Habib’s, a rede de restaurantes com cara de fast-food que serve comidas árabes variadas.

São mais de 400 lojas levando o nome da marca, mas, para ser um franqueado não é barato, tá? O investimento pode chegar a R$ 1 milhão*.

* Valores exatos das taxas não são divulgados pela empresa.

Vila Árabe

O Vila Árabe* faz parte da rede de restaurantes Empório Árabe, e mistura os sabores de comida caseira com um ambiente elaborado e com muita música.

O grande diferencial são os espetáculos de dança do ventre, que deixam o clima ainda mais temático, e a venda de pães árabes caseiros de diversos tipos.

* Assim como o Habib’s, o Vila não divulga nenhum dado sobre valores.

Najah Rão

O Najah Rão faz parte da holding Grupo Rão, detentor também do Sushi Rão, Pizza do Rão, Rão Conveniência e outras marcas.

O Najah é uma rede de franquias de delivery, com cardápio amplo que contempla não apenas os shawarmas, mas vários pratos árabes, como esfihas, beirutes, kibes, kaftas e combos.

Investimento inicial: Entre R$ 200 mil e R$ 250 mil

Taxa de franquia: R$ 80 mil

Faturamento médio: R$ 150 mil

 

Donkebab

A Donkebab é de Curitiba e trabalha com kebabs/shawarmas, burgers, porções e combos. Apesar de ter um espaço de atendimento presencial, também opera via delivery. O diferencial fica por conta das Yallas, pão sírios com recheio doce.

Investimento inicial: R$ 170 mil

Taxa de franquia: R$ 60 mil

Faturamento médio: R$ 70 mil

Ali das Arábias

Se você tem menos dinheiro para investir, e quer apostar em uma marca que está iniciando no setor de franquias, o Ali das Arábias é uma boa opção!

A rede de São Paulo serve pratos tradicionais da cultura árabe e possui uma taxa de lucro de 22%.

Investimento inicial: R$ 89 mil

Taxa de franquia: R$ 24 mil

Faturamento médio: R$ 56 mil

Conte com as integrações da Saipos e venda mais!

Muitas pessoas já estão criando seus negócios focando 100% no delivery online. Esse canal de vendas já não é mais um diferencial, é essencial para sua empresa.

Se deseja impulsionar as vendas desde o início, não deixe de se cadastrar em aplicativos como iFood, Rappi, Uber Eats, entre outros.

Para isso, um Sistema para Delivery se faz necessário. Isso porque, aceitar pedidos feitos através de plataformas pode causar muitos transtornos se não for administrado da maneira certa.

Uma sugestão é utilizar o Sistema Saipos, que é capaz de reunir em uma única tela, os pedidos feitos em aplicativos diversos.

Dessa forma, fica muito mais fácil de dar conta da entrega sem atrasar o atendimento de nenhum cliente.

Conheça todas as possibilidades de integração que a Saipos oferece. Com elas, você garante mais tecnologia e modernidade no seu delivery. Aperte no banner e confira!

6. Posso administrar minha franquia manualmente?

A resposta é não! Procedimentos manuais são os grandes responsáveis por erros, atrasos e desorganização diárias nos restaurantes.

Muitas vezes, ao se vincular a uma franquia de comida árabe, a rede já possui um sistema de gestão próprio.

Mas, se você pretende franquear a sua marca, a melhor opção é contar com um Sistema para Restaurante como o da SAIPOS.

Com ele, você tem automatizações em todas as etapas dos processos, e visualiza os resultados com clareza, através de relatórios que abrangem diversos dados.

Veja alguns dos benefícios do Sistema Saipos:

  • Dashboard de franquias;
  • Controle financeiro a partir da ficha técnica;
  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Um sistema de gestão para sua franquia de comida árabe, com certeza, terá um papel fundamental para o crescimento do seu negócio.

Por isso, não perca tempo e descubra mais vantagens de utilizar o sistema com o melhor custo-benefício do mercado. Aperte no banner e saiba mais!