Como abrir uma lanchonete de sucesso: saiba como sair lucrando!

Mariana Moraes - Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.
Escrito porMariana Moraes

Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.

Como abrir uma lanchonete lanchonete de sucesso: tudo o que você precisa saber para se destacar!

Tem dúvidas de como abrir uma lanchonete de sucesso? Saiba que isto exige variedade, sabor e bom preço. 

Quando se pensa em montar um restaurante com proposta diferenciada, como japoneses, italianos, mexicanos, e até mesmo abrir uma hamburgueria, é necessário pensar muito bem no local onde eles serão abertos, para atingir o público ideal.

Com as lanchonetes, não é bem assim. É possível abri-las nos mais variados lugares, porque ela é frequentada por muitos tipos de clientes.

Todo mundo sente fome entre uma correria e outra do dia a dia. É por isso que a proposta dos lanches é tão apreciada pelas pessoas.

Portanto, abrir uma lanchonete é algo que demanda menos riscos, visto que ela atende a maior parte do público. 

No entanto, existem várias coisas para as quais você deve se atentar. Por isso, preparamos este artigo para te ensinar a montar sua lanchonete sem complicações. 

Neste conteúdo você vai aprender:

  1. Tenha uma boa estrutura e equipamentos;
  2. Esteja no melhor local;
  3. Defina o público alvo corretamente;
  4. Tenha o melhor fornecedor;
  5. Monte um cardápio assertivo;
  6. Tenha um carro chefe;
  7. Saiba se diferenciar da concorrência;
  8. Qual o investimento necessário para abrir uma lanchonete?
  9. Qual a margem de lucro de uma lanchonete?
  10. Considere abrir uma franquia de lanchonete;
  11. Um sistema de gestão para lanchonete é a solução!

Mas antes, baixe grátis a nossa Planilha de Fluxo de Caixa e entenda como ter controle de todas as movimentações, e ainda conseguir calcular os resultados das entradas e saídas do seu caixa. Aperte no banner e faça download agora mesmo!

 

1. Tenha uma boa estrutura e equipamentos 

Para ter uma lanchonete de sucesso, é essencial investir em uma boa estrutura e equipamentos. No entanto, antes de ir às compras é preciso analisar como será o preparo dos seus produtos. 

Eles serão comprados prontos de fornecedores? Você pretende apenas assar os alimentos na sua cozinha ou quer fazer toda a receita desde o início?

Dependendo da sua resposta, os equipamentos serão escolhidos. Mas para facilitar a sua vida, separamos uma lista com tudo o que não pode faltar em uma lanchonete. Confira:

  • um balcão de atendimento;
  • mesas;
  • cadeiras; 
  • armários térmicos para manter os alimentos aquecidos;
  • geladeiras; 
  • freezers; 
  • forno.

Além desses itens, é importante que você considere a necessidade de instalar equipamentos que mantenham o local com uma temperatura agradável. 

Entre ventiladores ou ar condicionados, a escolha é sua, e para decidir isso vai depender das características do local.

2. Esteja no melhor local

A localização é um ponto crucial para o sucesso, ou não, de uma lanchonete. Por isso, é muito importante que você consiga escolher um ponto de fácil acesso e que possua um bom fluxo de pessoas. 

Locais próximos a escolas, faculdades, hospitais e grandes centros comerciais, são os mais aconselhados, já que é possível atingir um grande público. 

Além disso, é importante analisar o estado da estrutura e a fiação elétrica, que precisa estar em perfeitas condições. Também é bom verificar se o espaço é suficiente para atender às necessidades do seu negócio e se é confortável para os clientes. 

3. Defina o público alvo corretamente

Se engana quem pensa que para abrir uma lanchonete de sucesso, não é preciso focar em um público alvo. 

É fato que esse é um tipo de negócio muito versátil, mas isso não significa que não possa focar em um determinado tipo de cliente.

Veja só, se você pensa em se instalar próximo a uma escola, por exemplo, pode colocar dentro das possibilidades oferecer alimentos que o público jovem costuma apreciar, como salgados, doces e industrializados. 

Mas, se estiver perto de uma academia, é bom inserir alimentos fitness, como, por exemplo, salgados assados ao invés de fritos. Deu para entender a importância de ter um público alvo?

4. Tenha o melhor fornecedor

Se você pensa em vender produtos assados, como calzones, pastéis, mini pizzas e pães de queijo em larga escala, optar por comprar estes itens pré prontos pode ser uma boa ideia.

Assim, você não gasta tanto tempo no preparo e pode economizar, de acordo com a quantidade comprada.

No entanto, é fundamental que a qualidade dos produtos fornecidos seja analisada. 

Para isso, o ideal é experimentar os alimentos de vários fornecedores, para só após, escolher o que é melhor para você.

Esta etapa pode ser ideal para conseguir algum desconto, por isso, verifique se o valor pode ser mais baixo de acordo com a escala da compra. 

Se compensar, veja se é possível armazenar uma grande quantidade de produto sem que ele perca a qualidade e sempre estando alerta para o prazo de validade.

5. Monte um cardápio assertivo

A montagem do cardápio, pode ser a fase mais importante para uma lanchonete de sucesso

Afinal, o centro das cidades costuma ter vários concorrentes e, por isso, o seu negócio precisa ter um atrativo especial para chamar a atenção dos clientes. 

É importante que você tenha em mente que o que mais faz as pessoas optarem pelas lanchonetes é a praticidade, preço e qualidade dos alimentos.

Por isso, é lógico que a sua comida precisa ser boa, mas além  disso, é interessante que ela seja diferente. Portanto, esforce-se para ter um cardápio variado, e que atenda a todos os gostos. 

Abaixo, preparamos algumas sugestões que podem ser interessantes para que vejam o seu estabelecimento com outros olhos.

  • Cachorro quente;
  • Hambúrguer;
  • Sanduíches variados;
  • Calzones;
  • Pastéis;
  • Folhados;
  • Empadas;
  • Risoles;
  • Pão de queijo;
  • Frutas;
  • Saladas;
  • Bauru;
  • Batatas fritas;
  • Refrigerantes;
  • Sucos naturais;
  • Cafés.

Estas são algumas opções, mas não quer dizer que você não possa ir além, afinal, estes alimentos são os que mais se vendem nas lancherias.

Por isso, é importante que você foque em algo que os outros estabelecimentos da área não costumam oferecer.

6. Tenha um carro chefe

Existem muitas opções que o público ama e que você pode inserir nas suas opções sem deixar de atender como lancheria.

Algumas ideias são os espetinhos, geralmente a venda desse tipo de comida rende muito bem. 

Para isso, será preciso de uma churrasqueira. As carnes também podem ser compradas prontas para assar.

Dá para oferecer hambúrgueres no cardápio, e isso muitos fazem, mas o que nem todos costumam disponibilizar são os hambúrgueres feitos na hora, com carne fresquinha e pão macio por dentro e crocante por fora.

É possível ter esse tipo de comida no seu menu, uma opção interessante para quem quer fazer um lanche com mais tempo, enquanto conversa, por exemplo.

Por isso, uma hamburgueria gourmet combina com o projeto de uma lanchonete, podendo ser inserida nela. 

Para essas pessoas, opções de prato feito, como ala minutas também são possíveis.

Por isso, é tão importante ter itens que agradem a todos os públicos com as mais diferentes intenções. 

No entanto, não estamos dizendo que é obrigatório ter estes produtos no seu empreendimento. A curto prazo o investimento pode ser maior do que o esperado.

E o mais recomendado é que de início, gaste o mínimo possível para se manter, sem arriscar o seu investimento.

Mas não deixe de se dedicar para ter algo que só você oferece. Assim, garante que mais pessoas visitem seu negócio em busca desse diferencial.

7. Saiba se diferenciar da concorrência

Ter um diferencial é o que toca o seu negócio para frente. Esta questão pode se basear na comida, na decoração do espaço, ou no atendimento diferenciado.

Por isso, tente ao máximo inovar. Lembre-se que o mercado de alimentação não para de crescer, mas só há espaço para quem fizer algo novo.

Uma ideia que pode atrair muitos clientes é o uso do marketing ao seu favor. 

Isso quer dizer que se apropriar do espaço que as redes sociais oferecem pode lhe render muita visibilidade.

Por isso, independente do porte do seu negócio, administre a sua lanchonete, investindo na sua imagem na internet. 

É muito interessante divulgar os produtos que são vendidos no local, mostrar o preparo, o espaço agradável.

Assim, mais pessoas conhecem o seu estabelecimento e você ganha um aliado para mostrar suas inovações, cada vez que tiver uma. 

Como você viu, como abrir uma lanchonete de sucesso permite inovar em diversos pontos, é um negócio democrático, onde investir em novas ideias pode ser um diferencial para um sucesso enorme.

Por isso, não deixe de fazer o seu planejamento e colocar no papel tudo que é necessário para tornar esse projeto uma realidade, e após, pense em como inovar.

8. Qual o investimento necessário para abrir uma lanchonete?

Muitos empreendedores que querem iniciar neste ramo se perguntam: quanto vou gastar para abrir uma pequena lanchonete?

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), para abrir uma de pequeno porte, é necessário um investimento de aproximadamente R$ 80 mil. 

Para chegar nesse valor, foi considerado a locação de um imóvel de aproximadamente 50 metros quadrados e os gastos com custos de abertura, divulgação, equipamentos, estoque, obras para adaptação do imóvel, contratação de funcionários e capital de giro inicial.

Saipos explica: O capital de giro diz respeito à quantia em dinheiro necessária para que a sua lanchonete possa suportar todas as despesas iniciais, independente de ter lucro ou não. 

9. Qual a margem de lucro de uma lanchonete?

De forma geral, no mercado de food service (no qual estão incluídas as lanchonetes), a margem de lucro ideal é de aproximadamente 33%. E o recomendo é que você tente operar dentro dessa margem.

No entanto, esse é apenas um cenário ideal. É comum ver muitos estabelecimentos operando com uma margem de lucro que varia entre 10 e 20%

Isso acontece porque a margem de lucro é algo variável e que depende de uma série de fatores, como por exemplo, o preço dos produtos e volume de vendas. 

Por isso, para operar com uma margem de lucro alta, é necessário que você cobre um valor justo pelos seus alimentos, afinal cobrar caro demais pode afastar os clientes e cobrar barato demais, prejudica o lucro final do seu negócio. 

Também é importante que você consiga manter um bom volume de vendas durante o ano todo. Para isso, é necessário investir em promoções e estratégias de divulgação. 

Quanto uma lanchonete fatura por mês?

O faturamento de uma lanchonete também é algo que varia de acordo com o modelo do negócio, localização, valores praticados, volume de vendas e outros. 

No entanto, o valor médio de faturamento de uma lanchonete pequena varia entre 3 a 5 mil reais por mês. Já um estabelecimento com uma estrutura maior, fatura em média 15 a 20 mil mensais. 

10. Considere abrir uma franquia de lanchonete

Uma ótima opção para quem está querendo abrir uma lanchonete de sucesso é investir em uma franquia. Existem diversas opções muito famosas no mercado nacional como, por exemplo:

Franquia

Investimento mínimo necessário (aproximado)

Mc’Donalds

R$ 2,5 milhões

Bob’s

R$ 830 mil

Subway

R$ 400 mil

Casa da empada

R$ 107 mil

Pizza Hut

R$ 950 mil

Para saber tudo o que é preciso para abrir uma franquia e conhecer as melhores opções do mercado, clique no link abaixo. É grátis. 

11. Um sistema de gestão para lanchonete é a solução!

Chegou a hora de você entender que um sistema da Saipos, é a solução ideal para você que deseja abrir uma lanchonete de sucesso

Afinal, o nosso software te ajuda a fazer uma gestão qualificada do seu negócio de forma simples, ágil e inteligente. E conta com funcionalidades pensadas para otimizar os processos dos negócios de quem atua no ramo gastronômico. São elas:

  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Controle de estoque e vendas para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário.

Para ter acesso a uma demonstração 100% gratuita dessas e de nossas outras funcionalidades, clique no banner abaixo. 

Sistema para Lanchonete
Sistema para Lanchonete
Invista no seu negócio com o melhor software para restaurantes!
PEÇA UMA DEMONSTRAÇÃO GRATUITA
BAIXE GRÁTIS: Dicas para lanchonete mais eficiente!