Rodízio Japonês: 7 dicas para administrar e lucrar mais

7 dicas para administrar e lucrar com rodízio japonês

Rodízio japonês é sempre uma boa forma de atrair clientes! Então, se você quer investir em um restaurante de comida japonesa, esta é uma boa opção.

Apesar dos produtos para produzir sushi serem caros, como peixes, frutos do mar, algas, especiarias e temperos, a maioria dos clientes consome bastante este tipo de alimento.

Seja em grandes porções de temakis ou de sushis, os amantes de comida japonesa gostam de comer em maior quantidade e isso é algo que compensa os custos de produção.

Além disso, também optam pelos pratos quentes no rodízio, como o tempurá, yakissoba e rolinhos guiozas.

Assim, ter cuidado e estratégia na hora de elaborar o seu menu para rodízio japonês é fundamental. Não só isso, pensando em toda a administração, você verá 7 dicas:

  1. Atente-se na recepção e atendimento;
  2. Planeje o menu estrategicamente;
  3. Mise en place;
  4. Elabore a ordem dos pratos;
  5. Evite a desorganização na expedição;
  6. Aceite reservas para rodízio japonês;
  7. Invista na comunicação eficiente entre setores.

Antes de darmos continuidade com o conteúdo, confira esse material Saipos exclusivo! Um eBook completo sobre como tornar o seu restaurante mais eficiente.

Clique no banner e baixe gratuitamente:

1. Atente-se na recepção e atendimento

Pode parecer óbvio, mas um bom atendimento do início ao fim é indispensável! O segredo aqui é se colocar no lugar do cliente.

Pense em todas as vezes que você frequentou um estabelecimento de food service, nem precisa ser um de comida japonesa. O que mais te chamou a atenção?

Normalmente a clientela tem dois principais focos iniciais ao visitar um restaurante:

  1. Atendimento;
  2. Qualidade da comida.

Claro, outras coisas como higiene, preço e ambiente, também são fatores levados em consideração, mas não dá pra negar que o mais marcante são esses dois.

Se o atendimento, do início ao fim, for ágil, prático e eficiente, então a experiência de quem frequentar o seu estabelecimento será positiva e inesquecível.

Dessa maneira, garanta que todos os funcionários sejam bem treinados e orientados para saber como reagir a qualquer situação que venha a ocorrer.

Sim, é importante que toda a equipe, não só os garçons e atendentes, saibam bem como agir e falar com clientes a qualquer momento.

É uma forma fundamental de proteger e prezar pela imagem da empresa, além de deixar claro quais são os princípios que o seu restaurante possui.

2. Planeje o menu estrategicamente

Para não ter prejuízos ao oferecer um rodízio de comida japonesa, é necessário um planejamento bem calculado do que será disponibilizado e a quantidade.

Não necessariamente você precisa oferecer as maiores variedades da culinária japonesa em uma só noite. Aliás, isso pode se tornar um grande problema e dar prejuízo.

Se você pretende abrir um restaurante de rodízio japonês ou quer implementar o rodízio, o interessante é começar com os mais populares e em menor quantidade.

Estude sua região e veja o que mais vende no seu segmento de food service. É comum que os seguintes pratos japoneses para rodízio sejam mais sucesso no Brasil:

Nome do prato

Característica

Tempo de preparo

Sushi

Arroz com diferentes recheios como legumes, frutos do mar e peixe, enrolado com alga

15min para 8-10 unidades

Sashimi

Peixe cortado em fatias finas

5min para 8-10 unidades

Tempurá

Bolinho empanado de legumes frito

5min para 15 unidades

Guioza (gyoza)

Bolinho frito ou cozido a vapor de massa fina recheado com carne de porco

30min para 15-20 unidades

Temaki

Cone de alga recheado com arroz e salmão

15min para 2 unidades

Missoshiru (sopa de missô)

Sopa quente a base de caldo de peixe (dashi), pasta de soja e tofu

10min para 1 porção

Harumaki (rolinho primavera)

Massa leve com recheio de legumes, também há a versão doce, com recheio de chocolate, goiabada, entre outros

45min para cerca de 25 unidades

Hot Roll

Sushi empanado frito

25min para 8-10 unidades

Shimeji na chapa

Cogumelo frito na manteiga

25min para 2 porções

3. Mise en place

O mise en place é a maior dica possível para quem quer trabalhar com uma cozinha rápida, prática, constante e de qualidade.

Trata-se, resumidamente, de um método meticuloso de organização de todos os ingredientes para cada prato.

É importante separar os ingredientes nas porções corretas em potinhos ou bowls, sendo o suficiente para uma receita completa.

A chef mineira Larissa Chebly explica que o tempo de preparo dos pratos para um rodízio são completamente otimizados com o uso do mise en place.

E o tempo de preparo é fundamental para um rodízio de comida japonesa. Então, por se tratar de pratos servidos com certa frequência, é necessário que o preparo seja eficiente.

Para ter o mise en place impecável, vale a pena manter um controle de estoque bem organizado.

Por isso, disponibilizamos a planilha de controle de estoque para restaurante exclusivo da Saipos gratuitamente.

Clique no banner abaixo e aproveite!

4. Elabore a ordem dos pratos

Digamos que um grupo de amigos veio aproveitar o seu rodízio japonês. Qual a primeira coisa que eles poderão consumir?

É interessante já ter pratos selecionados pré-prontos para preparo mais rápido. Geralmente, são os pratos mais usados em entradas, como a sopa de missô.

Vale a pena, inclusive, pensar em diferentes cardápios para serem servidos simultaneamente.

Ter, por exemplo, três opções de percurso culinário disponíveis ajuda na praticidade da cozinha.

Então crie pacotes com uma lista de receitas que harmonizam bem entre si para que o cliente possa escolher o que melhor servir seu gosto. Veja um exemplo:

Opção 1

Etapa

Prato

Entrada

Sopa de missô ou Sunomono com Gohan

Prato principal

Rodízio de:

Sushi;

Hot roll;

Sashimi;

Tempurá;

Guioza.

Sobremesa

Harumaki doce;

Wagashi;

Mochi.

Opção 2

Entrada

Sopa de missô ou Sunomono com Gohan

Prato principal

Rodízio de:

Yakisoba;

Sushi;

Hot roll;

Harumaki;

Tempurá;

Guioza.

Sobremesa

Harumaki doce;

Wagashi;

Mochi.

Opção 3

Entrada

Shimeji na chapa ou Salada Massao

Prato principal

Rodízio de:

Hot roll;

Teppan;

Lámen tradicional;

Tempurá;

Guioza.

Sobremesa

Harumaki doce;

Wagashi;

Mochi.

Seu rodízio japonês pode atrair muitos clientes que, além de comer, vão querer beber. Por isso, é legal oferecer promoções com combos e bebidas, por exemplo.

Ou ainda, planejar harmonizações com saquê e oferecer para a clientela. O público gosta de comunicação, pois isso gera um tipo de intimidade.

5. Evite a desorganização na expedição

Em um rodízio japonês, é comum que a maioria das mesas receba os mesmos pratos e travessas, com uma ampla variedade de comidas.

Porém, também é habitual que atrasos ou demoras aconteçam por causa da falta de organização na expedição.

Aqui vale um controle bem feito por um auxiliar de cozinha e um sistema de restaurante para ter tudo registrado e automatizado.

Entender corretamente qual mesa cada garçom estará responsável, sem passar à frente atendendo mesas que não lhe pertencem, é indispensável para a expedição de pratos.

Antes de continuarmos, confira esse vídeo para se atentar aos erros para não cometer no seu restaurante de sushi!

6. Aceite reservas para rodízio japonês

Por mais que a maioria dos seus clientes possam vir de maneira mais espontânea, disponibilizar a reserva de mesas para o rodízio te ajudará bastante na organização.

Isso porque é uma forma de saber, com antecedência, a quantidade de pessoas por grupo que irão consumir naquele dia.

Assim, poderá deixar a cozinha pronta para as reservas sabendo a quantidade para cada opção que deverá ser preparada, como também para atender clientes sem reserva.

O segredo é uma comunicação muito bem alinhada e organizada entre todos os setores do seu restaurante.

7. Invista na comunicação eficiente entre setores

Ao usar uma comanda, por exemplo, você estabelece um vínculo entre o cliente e a equipe da cozinha.

Não somente isso, como também servirá para calcular o valor cobrado pela experiência do freguês.

Automatizar esse tipo de comunicação é a melhor forma de agilizar todo o processo e evitar erros e prejuízos para o seu negócio.

Com o sistema de gestão para restaurante japonês da Saipos, sua gestão conta com o melhor software do mercado!

Otimize o seu negócio e obtenha relatórios acurados. Desde delivery, até organização das mesas e controle de estoque, o sistema Saipos reúne tudo em uma só plataforma.

Confira abaixo algumas outras funcionalidades do Software de Gestão para restaurantes: 

  • Controle financeiro com relatórios;
  • Controle de estoque com ficha técnica;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes através de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Clique no banner e saiba mais!

Torne seu restaurante mais eficiente - Baixe Grátis!