Carta de vinhos para restaurante: o que é e como fazê-la?

Mariana Moraes - Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.
Escrito porMariana Moraes

Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.

O que é carta de vinhos?

Uma carta de vinhos é, basicamente, o cardápio de vinhos do seu restaurante. Preparar esse material requer atenção e certo nível de conhecimento e organização.

Tinto, branco, espumante… são tantas variedades disponíveis em uma carta de vinhos, e possibilidades de harmonização, que é preciso apresentar os rótulos de forma correta e organizada ao consumidor.  

A montagem desse menu é um passo importante para os restaurantes aumentarem a venda deste produto, de forma presencial ou no bebidas delivery

A carta pode ser física (cardápio impresso), digital (QR Codes e similares) ou, até mesmo, disponibilizada por meio de aplicativos de entrega.

Mas como elaborar uma carta de vinhos? E como utilizá-la para desenvolver um cardápio que harmonize bem com a bebida? 

Esses são apenas alguns questionamentos que iremos abordar neste artigo, então, continue a leitura!

Mas antes, baixe grátis o material que a Saipos criou sobre “Como montar um Cardápio”! Ele vai facilitar sua vida! Aperte no banner e faça download agora mesmo!

Elaboração da carta de vinhos

O primeiro passo é a segmentação dos vinhos. A montagem da carta não é uma ciência exata, mas os formatos respeitam uma hierarquia. 

Uma das opções mais utilizadas é a divisão por estilos de vinho, sempre  respeitando a ordem abaixo:

  • Espumantes;
  • Brancos;
  • Rosés;
  • Tintos;
  • Fortificados ou vinhos de sobremesa;
  • Taça.

Depois da categorização por estilos, o segundo passo é a classificação da origem do vinho. 

É importante que vinhos nacionais e os produzidos na região do restaurante sejam sempre os primeiros da lista. Depois, entram os rótulos importados, respeitando a questão de proximidade entre os países e continentes.

Logo, uma carta de vinhos de um restaurante brasileiro pode ser organizada da seguinte forma:

  • Vinhos nacionais (ex: Serra Gaúcha, Brasil);
  • Vinhos sul-americanos (ex: rótulos chilenos, argentinos, uruguaios);
  • Vinhos europeus (ex: italianos, portugueses, franceses);
  • Vinhos de outros continentes.

Caso seu restaurante seja de gastronomia internacional, pode-se começar a carta pelos vinhos do país na qual a culinária é oferecida - se você tem um restaurante italiano, por exemplo, comece pelos vinhos desse país. 

Após a separação por região de origem, é importante selecionar por marca (vinícola) e variedade de uva (Cabernet, Chardonnay, Merlot, por exemplo). E, por fim, informa-se a safra (ano) de produção da bebida.  

Quem faz a carta de vinhos?

A carta de vinhos deve ser feita por um sommelier, profissional responsável por cuidar da carta de bebidas de restaurantes, bares, importadoras e lojas especializadas.

O grande papel do sommelier é entender o que o consumidor quer e o que o restaurante pode oferecer. 

Além de criar a carta de vinhos, ele pode indicar e ajudar a elaborar um cardápio com refeições e pratos que harmonizam com as bebidas oferecidas no estabelecimento.

Nem todos os restaurantes precisam de um sommelier que trabalhe integralmente no local. 

Entretanto, a contratação deste profissional pode proporcionar experiências de alto nível gastronômico para os clientes e elevar o ticket médio do empreendimento. 

Quanto ganha um sommelier?

O site Glassdoor aponta que o salário médio desse profissional é R$ 2.209,00. Um sommelier também pode oferecer o serviço da carta de vinhos em separado, assim como montagem de adega e consultoria. Os valores variam de acordo com a modalidade e o profissional.

Como fazer a harmonização?

O vinho é uma das bebidas mais versáteis do mundo e engana-se quem pensa que eles só harmonizam com massas. 

Há vinhos para todos os gostos e pratos: peixes, frutos do mar, aves, pizza, comida japonesa, hambúrgueres… e sim, churrasco gourmet!

A ideia da harmonização é ressaltar os sabores, tanto das comidas quanto dos vinhos, e pode ser feita de maneira combinada, complementar ou por contraste.

Veja algumas dicas para combinar diferentes culinárias com tipos de vinho:

Massas

Os molhos feitos com carne vermelha - como o tradicional à bolonhesa -  ficam perfeitos com vinhos tintos mais marcantes, como o Cabernet Sauvignon, Carménère e o Malbec. Já os molhos brancos ou à base de queijo, combinam com vinhos tintos mais leves, como Pinot Noir e vinhos brancos, como o Chardonnay. 

Frutos do mar e peixes

Harmonizam com vinhos brancos e rosés. Para peixes como salmão e bacalhau, recomenda-se vinhos tintos como Pinot Noir e Gamay. Para os crustáceos, o ideal são rótulos de Chardonnay, Sauvignon Blanc e espumante Brut, que trazem mais frescor ao paladar.

Hambúrguer

A combinação ideal são vinhos estruturados, que aguentam a força da carne e do queijo derretido. Os vinhos Bordeaux, Cabernet Sauvignon e Tempranillo são boas pedidas.

Churrasco gourmet

Vinhos com uvas Tannat, Malbec, Syrah e Cabernet, que apresentam um leve toque de madeira são opções certas para harmonizar com carnes vermelhas no churrasco.

Como oferecer o vinho ideal?

A equipe de atendimento do restaurante e os garçons precisam conhecer detalhadamente os vinhos oferecidos na carta.

O primeiro passo é ser cordial e oferecer a carta de vinhos ao consumidor. Caso ele peça sua ajuda, pergunte-o sobre seu gosto pessoal ou sobre os pratos que serão pedidos antes de sugerir as melhores opções.

Em seguida, é necessário explicar ao cliente detalhes sobre a origem do vinho, história da vinícola, tipo de uva e safra. Essas são informações que elevam a experiência gastronômica e deixam o cliente satisfeito.

Uma opção recomendada é disponibilizar a bebida em frações, como taças ou meia-taças. Com isso, o consumidor pode escolher de acordo com o que está interessado em beber ou experimentar um novo rótulo.

É necessário orientar a equipe a manter sempre a carta de vinhos atualizada com os rótulos disponíveis no restaurante, para evitar situações desagradáveis com os consumidores.

Para ajudar nessa hora, a Saipos preparou um material com dicas para melhorar o atendimento do seu restaurante. Aperte no banner e baixe grátis agora mesmo!

Vale a pena vender vinho no delivery?

A resposta é sim! O delivery e a tele entrega bebidas vieram para ficar e é um dos principais canais de vendas do seu restaurante.

Com a carta de vinhos montada, é preciso ficar atento a alguns quesitos na hora de entrar no mercado de delivery de bebidas.

Um dos principais fatores de compra é o tempo de entrega. O intervalo ideal para a categoria de bebidas em aplicativos de delivery é de até 10 minutos.

Portanto, inicialmente, aposte em envio para em um raio de até 5 km e, com maior performance e equipe, amplie a área de atendimento. É importante atender nos horários de pico e sempre ficar atento às avaliações dos clientes.

Dica da Saipos

Invista em combos! O prato especial do dia, a pizza da semana ou o jantar especial de data comemorativa podem incluir uma garrafa de vinho. É uma vantagem para o consumidor final, que tem uma experiência gastronômica completa, e para o restaurante, que aumenta o valor da compra.

Otimize seu negócio com um sistema para delivery!

Durante esse artigo você descobriu tudo sobre delivery de vinho e carta de vinhos, mas certamente notou que quanto mais pesquisa, mais questões importantes aparecem, demandando mais tempo e atenção.

Para otimizar o seu tempo, a melhor opção é utilizar um sistema para delivery que, com tecnologia, é capaz de automatizar todas as etapas dos processos do seu negócio.

Imagine ter o controle do seu estoque, vendas e finanças nas suas mãos sempre que precisar e sem chance de erros. E emitir cupom fiscal sem complicação?

O Sistema para Delivery da Saipos é a melhor opção, porque além de todas essas funcionalidades, permite integração com os apps de delivery, e controle dos pedidos por meio do monitor KDS!

E o melhor de tudo é que a Saipos tem o melhor custo benefício do Brasil. Conheça e se surpreenda. É só apertar no banner para saber mais!