ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

Como montar um bar: um passo a passo para abrir seu negócio

Saiba como montar um bar de sucesso, gerar lucro e crescer

Saber como montar um bar costuma ser a dúvida de muitas pessoas que tem o sonho de ter um empreendimento neste segmento.  Tirar essa ideia do papel exige comprometimento e envolvimento por muito tempo.

Neste artigo, vamos organizar, em quatro perguntas e respostas, um passo a passo com o que você precisa saber sobre como montar um bar, gerar lucro e como fazer o seu investimento render

Confira 4 perguntas e respostas para você entender como montar um bar de sucesso, gerar lucro e crescer no decorrer do texto abaixo ou, se preferir, escolha o tópico de interesse no menu:

  • Como abrir um bar do zero?
  • Quanto custa abrir um bar?
  • Qual é o lucro que um bar pode gerar?
  • Acabei de abrir um bar. E agora?

Manter o estoque em dia é, de cara, a primeira ação que você precisa ter em mente. Por isso, comece fazendo o download da nossa planilha para controle de estoque, clicando no banner.

BAIXE A PLANILHA DE CONTROLE DE ESTOQUE
BAIXE A PLANILHA DE CONTROLE DE ESTOQUE
Tenha controle sobre seus produtos de forma automatizada e saiba fazer o gerenciamento de compras e fornecedores.
BAIXE AGORA

Como abrir um bar do zero?

O passo mais importante você já deu: escolheu abrir um bar. Agora, existe uma série de questões legais e burocráticas necessárias para que o estabelecimento funcione de maneira correta.

Mesmo que a sua opção seja abrir um barzinho, o alvará liberando o funcionamento será importante para evitar desgastes com entidades locais, bem como uma série de documentações validando o seu negócio.

Nós levantamos vários pontos e leis importantes para estar atento em artigos relacionados, mas vamos simplificar nessa lista abaixo.

Passo a passo para abrir um bar:

  • Escolha o local físico do seu bar;
  • Verifique se o imóvel consta com alguma pendência junto à prefeitura da sua cidade;
  • Se estiver tudo certo, é hora de partir para o processo de aluguel;
  • E iniciar a escolha dos móveis, sistemas e aparelhos necessários.

 

 

Seu estabelecimento será um bar temático? Venderá petiscos? Serão apenas drinks autorais e clássicos, ou você terá cerveja e outros derivados? 

Essas são suas escolhas do momento, e também devem constar na primeira etapa do planejamento – mas que seguirão em constante atualização durante toda a vida do seu negócio.

Tenha em mente que abrir um pub, um barzinho ou até mesmo um bar lounge envolve investimentos a médio e longo prazo, mesmo que você queira abrir um bar com pouco dinheiro.

Gastos com a manutenção do estabelecimento, bem como as inovações implementadas com o passar do tempo, custam dinheiro e envolvem tempo. Tome nota sobre todos os pontos para organizar as finanças e evitar uma quebra.

Para quem prefere investir em um negócio mais simples em um primeiro momento, indicamos a estratégia de mini-bar. Costuma envolver menos etapas e possui execução simplificada. 

Recomendamos avaliar e esgotar todas as possibilidades antes de martelar a sua decisão sobre como montar um bar.

Primeiros avisos indicados, vamos agora para a nossa segunda pergunta – que não vale um milhão de reais, mas pode significar muito para o seu bolso.

Quanto custa abrir um bar?

O custo de um bar varia de acordo com a estrutura pensada. Se for um barzinho, com cardápio simplificado, será diferente do que um bar com conceito lounge, por exemplo.

Mas, para fins de exercício, vamos imaginar que o bar em questão é de médio porte, terá uma cartela de cervejas e drinks populares. 

Para que os consumidores passem mais tempo consumindo os produtos, também teremos petiscos habituais para consumo (batata, pastéis, finger foods clássicas).

Ainda, o bar será aberto em uma região central da cidade, com fácil acesso, e terá como temática futebol.

Com essas informações, podemos fazer uma lista do mínimo necessário e levantar os custos:

  • Marcas de cervejas populares (com compra consignada);
  • Principais bebidas destiladas para os drinks;
  • Insumos para a cozinha;
  • Pessoa cozinheira;
  • Pessoa bartender;
  • Atendentes para as mesas;
  • Atendente para o caixa;
  • Segurança.
  •  Cadeiras, mesas e demais móveis;
  •  Maquinário para cozinha;
  • Materiais para preparo de bebidas;
  • Copos, talheres e pratos em geral;
  • Computadores e sistemas de gestão;
  • TVs para transmissão de jogos;
  • Internet;
  • Sistema de TV à cabo;
  • Comunicação visual para cardápio e local;
  • Customização do espaço (lembra? Bar de futebol);
  • Insumos para limpeza.

E a lista aumenta de acordo com qual for a proposta para o bar.

O que queremos mostrar aqui são os detalhes que precisam fazer parte da planilha de custos, a ser estruturada a partir do momento da decisão de montar um negócio.

Na hora escolher os móveis, os comparadores de preços serão os seus melhores amigos. 

Existem lojas que possuem sistemas de cashback, inclusive, que podem salvar um dinheirinho para a posteridade e garantir um desconto na hora de fazer atualizações no layout do bar.

Uma opção também vantajosa é optar por uma temática mais “retrô”, com móveis de segunda mão em bom estado, que podem ser comprados por preços modestos em locais especializados. 

Quanto cobrar por bebidas e pratos?

Essa é uma decisão menos pessoal e mais baseada em dados, mas que vai impactar no custo total do bar.

Comece decidindo o que irá compor o cardápio e calcule o valor por item com o auxílio da nossa planilha de cálculo de preços,  que está disponível gratuitamente abaixo:

Qual é o lucro que um bar pode gerar?

Tão variável quanto o custo de um bar, é o lucro obtido através das vendas e do consumo no estabelecimento.

Mas, uma vez que estabelecemos os gastos do item anterior, torna-se mais palpável o cálculo do lucro que podemos obter, desde que se mantenha um sistema de caixa atualizado e saudável.

A conta para entender o lucro de um bar é, em síntese, simples:

Faturamento bruto obtido através das vendas, menos o custo da operação = lucro

 

Ou seja: junta-se todo o valor obtido no mês (dia, semana, quinzena, como o modelo de negócio utilizado indicar), subtrai-se o custo da operação por mês (se usar outros períodos de tempo, é preciso calcular valores proporcionais aos dias), e, então, chega-se ao lucro.

Para calcular a margem de lucro que o bar pode ter, a conta é diferente:

Margem de lucro = lucro dividido pelo faturamento total, multiplicado por 100 (para gerar a porcentagem)

 

Exemplo prático:

  • Em 30 dias, seu novo bar gerou um faturamento total de R$10.000,00;
  • Os custos do período totalizaram R$6.000,00;
  • Então, o lucro final do período é R$4.000,00
  • Considerando R$4.000 / R$10.000 = 0,4 x 100 = 40% é a margem de lucro de 30 dias.

A margem de lucro define o quão rentável o estabelecimento pode ser e, principalmente, como está a saúde financeira do local. Para auxiliar no controle, vale definir uma meta mínima.

Essa tarefa é tão importante quanto saber como montar um bar, pois depois de aberto, é preciso fazer o estabelecimento lucrar. 

Entender a margem de lucro do bar importa, também, para questões financeiras envolvendo bancos e outras entidades que possam fornecer empréstimos, financiamentos e demais facilidades para impulsionar o negócio.

Acabei de abrir um bar. E agora?

Estrutura, investimento e todas as outras escolhas estão na ponta da língua – ou da caneta, enquanto está anotando as informações e dicas sobre como abrir um bar.

O próximo passo, antes de liberar o estabelecimento para o público geral e começar a fazer sucesso, é escolher um sistema de gestão que automatize e simplifique a parte burocrática do negócio.

Sim, você terá que gerar notas fiscais, pagar impostos e estar de acordo com as regras municipais ou estaduais. Mas a boa notícia é que existem sistemas de gerenciamento próprios para o seu negócio.

Na Saipos, desenvolvemos sistemas para restaurantes dos mais variados tipos, que podem ser adequados para um bar, independente do tamanho.

Solicite uma demonstração com nossos consultores e veja como a Saipos simplifica a relação com a gestão do seu negócio.

O MELHOR SISTEMA PARA BAR
O MELHOR SISTEMA PARA BAR
O seu bar, pub ou cervejaria precisa de um Software completo, que dê agilidade e praticidade aos seus processos. A Saipos é a melhor opção!
QUERO CONHECER
Aurea Araujo - Jornalista, Redatora e Produtora de Conteúdo
Escrito porAurea Araujo

Jornalista, Redatora e Produtora de Conteúdo

Sistema para Bar!