ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

As mais pedidas de 2021: marmitas

De acordo com pesquisa divulgada mais de 40% da população aderiu ao segmento no último ano

Daniela Tremarin - Jornalista, fascinada por empreendedorismo, marketing digital e inovação. Responsável por informar o que há de novo no food service.
Escrito porDaniela Tremarin

Jornalista, fascinada por empreendedorismo, marketing digital e inovação. Responsável por informar o que há de novo no food service.

Você já está cansado de escutar o quanto a crise no setor food service impactou aos empresários e empresárias do segmento. Infelizmente essa é uma realidade que tivemos (e estamos) enfrentando nos últimos anos. 

Mas felizmente, bons dados já começam a ser coletados sobre o cenário. Pelo menos é isso que diz a pesquisa “O Futuro do Food Service,” realizada pela Fispal Food Service e FGV Jr. 

Mais de 40% dos entrevistados apontaram o consumo de um maior número de marmitas durante a pandemia. Esses novos hábitos de consumo, trazidos pela pandemia, modificou os hábitos alimentares dos brasileiros. 

Ter uma opção de comida caseira como as marmitas foi essencial para aqueles com poucas habilidades culinárias durante o home office. Outro aspecto que influencia a forma de se alimentar é a preocupação com a saúde e bem-estar. 

É de conhecimento de todos que o home office trouxe uma carga excessiva de trabalho para todos. Ter tempo para preparar uma refeição equilibrada ficou difícil. 

28% da vendas de alimentos vieram do setor Food service

A informação nova é que mesmo com a crise, a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), divulgou que 28% das vendas da indústria alimentícia em 2021 foram no setor food service. 

Traduzindo para reais, são cerca de R$ 166 bilhões transacionados no mercado.

Para 2022, a projeção é que o mercado cresça ainda mais. O setor continua aquecido e sempre com novas tendências, mas é preciso estar sempre atento à experiência para os clientes. 

O setor de Restaurantes apresentou um crescimento de 28,44%, seguido de lanchonetes que cresceu 23,66% e produção de alimentos para consumo domiciliar, com 22,62%.

Principais motivos do consumo de marmitas

Entender esses novos hábitos de consumo é essencial para pensar nas oportunidades do mercado. Ainda de acordo com a pesquisa, os principais motivos que levaram as pessoas a consumirem mais marmitas durante a pandemia foram:

As marmitas são consideradas uma boa opção para refeições completas, rápidas e econômicas.

Extra: Os entrevistados ainda afirmaram que irão continuar a consumir os pratos feitos mesmo após as aberturas de salão dos restaurantes.

Por que ter uma marmitaria?

Bem já deu para notar que um negócio desse segmento pode se tornar bem lucrativo.

Para começar a investir em em uma marmitaria, é preciso conhecer as opções que este negócio oferece, tendo criatividade e variedades que atendam públicos variados.

Você sabia, por exemplo, que pode ter um negócio de marmitas fit ou vegana? Aqui tem um artigo completo pra te ajudar a entender melhor o mundo das marmitas

INSCREVA-SE NA NEWSLETTER