ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

Sushiman: profissão, salário e carreira

Confira 4 dicas de como se tornar um sushiman

Ser um sushiman pode ser uma ótima escolha de profissão. Isso porque começar no ramo do sushi é uma aposta e tanto!

O Brasil é o país que mais hospeda japoneses e descendentes fora do Japão. Devido a expansão da cultura no país, pratos da culinária japonesa estão bombando entre os brasileiros.

Por isso, com um bom estudo e prática, dominar a arte da cozinha oriental é o caminho para o sucesso

Além de cozinhar, um mestre do sushi também pode ser um empreendedor e abrir seu próprio negócio!

Vem conhecer as dicas e saciar as dúvidas para ingressar nessa carreira! 

Mas antes de começarmos, que tal conferir nosso e-book com 11 dicas para melhorar o atendimento do seu restaurante

Clique no banner abaixo e faça download totalmente gratuito:

O que faz um sushiman?

O sushiman é um chefe de cozinha especializado em pratos típicos do Japão. O profissional não só prepara os alimentos, como também é responsável pela administração dos peixes.

O mestre da culinária limpa e organiza os frutos do mar e cuida para que os ingredientes sejam armazenados corretamente.

Todo o capricho necessário, faz com que o especialista em sushi não seja apenas um cozinheiro, mas, sim, um artesão.

As comidas de origem japonesa precisam de cuidados especiais com decorações que merecem mais atenção.

 Conheça alguns dos pratos mais comuns:

Sushi

É um bolinho de arroz enrolado com alga marinha. Pode trazer diferentes recheios como vegetais, frutos do mar e peixes.

Sashimi: 

São finas tiras de peixe cru, normalmente salmão e atum. Alguns também colocam frango ou carne vermelha. O  acompanhamento é alga e os molhos shoyu e wasabi.

Tempurá

São pedaços finos de mariscos e vegetais envolvidos por uma massa feita com farinha de trigo.

Guioza

Uma massa recheada de legumes ou carne. Com o formato de pequenos pastéis, pode ser grelhada ou a vapor.

Temaki

É um cone de algas secas com diferentes tipos de recheios:salmão cru, pepino, atum entre outros.

Missoshiru

É uma sopa feita com pasta de soja e caldo de peixe. Algumas vezes contém legumes

Harumaki

O famoso rolinho primavera consiste em uma massa crocante bem fina e enrolada. Pode ter diferentes tipos de sabores salgados e doces como queijo e legumes,chocolate ou goiabada.

Hot Roll 

É um prato quente feito com alga, arroz para sushi e salmão.

Sunomono

É um aperitivo com pepino japonês cortado em fatias simples e semente de gergelim.

Gohan

É o arroz japonês. Seu diferencial são os grãos pequenos para dar consistência grudenta.

Yakisoba

É um prato com macarrão de sobá frito acompanhado de legumes que podem ser cozidos.

Niguiri 

Consiste em um bolinho de arroz prensado com uma fatia de salmão cru por cima. 



Outras habilidades de um Sushiman

Um bom sushiman não só precisa da habilidade de montar pratos elaborados, como também da aptidão com as facas e manuseio dos peixes e mariscos. 

Além das comidas mais populares, existem também outras variantes como a barca de sushi, que inclui um pouco de tudo da culinária japonesa. É ideal para quem quer experimentar uma refeição completa.

O mercado de trabalho para um chef de sushi não possui muitas alternativas por ser focado em restaurantes japoneses e temakerias

Hotéis, eventos ou outros tipos de lugares voltados para gastronomia do Japão, também surgem como opção. 

Qual é o salário de um sushiman?

O salário inicial de um sushiman é, em média, R$1.300,00, o que pode variar e chegar até R$2.000,00.

O teto salarial é de, no mínimo, R$2.229,00 até em torno de R$2.700,00. 

É claro que pode mudar dependendo do restaurante e da região no qual está localizado. 

Ao começar do zero, o especialista na culinária japonesa ainda possui um longo caminho até conseguir o cargo mais alto. 

Leva em média 3 a 5 anos após finalizar o curso para você ser aceito como um sushiman chefe dentro do ramo. 

Mas, calma! Esse avanço é questão de conquistar um nome dentro da cozinha! Para isso, muitos iniciam na carreira como auxiliar de sushiman ou segundo sushiman.

O que faz um auxiliar de sushiman não é muito diferente do cozinheiro principal. 

Esse profissional trabalha na cozinha ajudando o chefe a limpar os peixes, recebe os pedidos, as mercadorias e mantém um controle do estoque.

Como ser um sushiman?

Agora que você já sabe qual é a função de um sushiman, vamos para as 4  dicas de como começar com o pé direito nessa profissão!

O que você você vai ver por aqui:

  • Onde fazer o curso de sushiman?
  • Procure crescer no mercado
  • Saiba vender o seu peixe
  • Tenha um sistema para restaurante

1.Onde fazer curso de sushiman?

Um chefe da culinária japonesa não precisa ter ensino superior, ou até mesmo ensino médio. 

O ideal é que tenha uma boa qualificação profissional por meio de cursos de sushiman

Já que estamos falando de pratos elaborados e complexos, a prática e o estudo levam a maior qualidade da gastronomia. 

Então, é melhor escolher com cuidado e sabedoria a escola que irá frequentar, pois fará toda diferença no futuro.

Escolha o curso certo

O primeiro passo é estudar qual se encaixa melhor nas suas expectativas e objetivos, sempre buscando o melhor.

É claro que a preferência será por cursos mais próximos de você.

Porém, separamos alguns dos mais populares e conhecidos no ramo para ajudar na procura, confira:

Sassá sushi

Localizado em São Paulo, o curso oferece tanto presencial quanto online pacotes básico, intermediários e avançados. O preço mínimo é de R$199,00.

O Clube do Sushi

O curso fica em São Paulo e oferece aulas online e presencial, com o preço mínimo de R$250,00. Para iniciantes, avançados e pratos quentes.

Senac

Oferece cursos profissionalizantes, a franquia está localizada em diversas regiões do país. O curso é apenas presencial e o preço chega a mais de R$700,00

Instituto Eleven

Com várias unidades em PR, RS, PA e MG, o instituto oferece os cursos tanto online quanto presencial. O mínimo é de R$299,99.

Sushi Takeda

Localizado no Rio Grande do Sul,oferece cursos para iniciantes e avançados. Pode ser online e presencial, qual o preço mínimo de R$197,00

 

Cada curso irá oferecer um serviço diferente. Com o pacote de iniciante você vai aprender a preparar comidas mais fáceis, como:

  • Preparo do arroz;
  • Tempero do arroz;
  • Hossomaki básico;
  • Uramaki califórnia;
  • Sushi de salmão;
  • Sashimi de salmão;
  • Temaki de salmão;
  • Montagem dos combinados.

Entre outras coisas básicas como: a maneira certa de limpar o peixe, como cortar os frutos do mar, como manusear os utensílios entre outras coisas.

Já as opções intermediárias ou mais avançadas, os pratos serão mais elaborados com muitas misturas entre peixes e vegetais, como: 

  • Baterá de salmão;
  • Hot roll;
  • Sushi de salmão maçaricado;
  • Massa do hot roll;
  • Molho tarê;
  • Sushi de atum;
  • Carpaccio de polvo;
  • Sushi de polvo;
  • Sushi skin;
  • Yakissoba de carne;
  • Sushi de camarão;
  • Sushi de ovas massago;
  • Camarão no azeite flambado no sakê;
  • Sushi de salmão selvagem alaska;
  • Sushi de ovas uni.

Entre outras ofertas, como pratos quentes e outros mais elaborados, o conselho é procurar o curso que disponibiliza a maior variedade e mais conhecimento.

O curso presencial é mais eficiente na hora de ensinar, já que a prática é um ponto chave para  preparar a comida japonesa. 

Também é possível praticar em casa, com aulas gratuitas pelo Youtube. Porém, a qualidade do estudo e seu empenho irá contar muito na hora conseguir um emprego.

Isso porque quanto ganha um sushiman está relacionado com o que ele sabe fazer na cozinha.

2.Procure crescer no mercado 

Uma boa opção para se desenvolver no mercado, é abrir um negócio de gastronomia japonesa. Isso porque muitos sushimans preferem abrir seu próprio empreendimento. 

Além de poder ser o chefe de cozinha, o ramo da culinária do Japão é bastante diversificado.

Seu restaurante pode ser focado nos tradicionais pratos japoneses, ou apenas inspirados. O serviço também pode ser abrangente, como um buffet de sushi, rodízio ou food truck.

A preferência pela comida oriental cresceu muito entre os brasileiros, aumentando, assim, a concorrência.

Por isso, antes de montar seu restaurante japonês, é aconselhável fazer uma análise de mercado.

Como fazer uma análise de mercado?

Para realizar uma boa análise de mercado restaurante japonês, é preciso seguir alguns passos não tão simples, mas pontuais:

  • Estabeleça objetivos: Escreva e coloque no papel tudo que você quer fazer e pretende alcançar;
  • Faça perguntas: Dentro dos objetivos, criei perguntas para analisar o perfil do cliente, o tipo de restaurante em alta e etc;
  • Pesquisa: Com base nas perguntas, faça uma pesquisa presencial e online com os mercados e o público externo, para adquirir informações valiosas;
  • Analise os resultados: Pegue cada resposta e detalhe que recebeu e coloque em uma planilha, para poder comparar e começar seu planejamento.

Com isso em mãos, é hora de planejar como será seu empreendimento. É preciso ficar atento aos seus objetivos e escolhas.

3.Saiba vender o seu peixe

Ser dono de um negócio de sucesso requer uma boa estratégia, já que montar um restaurante japonês não é fácil.

Um conselho é procurar contratar um sushiman. Cuidar de um estabelecimento vai tomar um tempo valioso da sua agenda e cuidar apenas da cozinha pode ficar complicado.

Confira algumas dicas de restaurante japonês:

  • Localização: Use os resultados das análises para decidir um bom local, que seja acessível para aqueles com o seu perfil de cliente;
  • Qualidade:  Procure fornecedores de qualidade! Um peixe bom pode ser caro, mas vale muito a pena, principalmente quando falamos de uma comida baseada em seres marinhos;
  • Atenção aos equipamentos: Não basta ter bons produtos, é preciso ter também equipamentos e utensílios capazes de preparar comidas com velocidade e qualidade;
  • Estoque: Cuidado, fique de olho no estoque! Comidas sensíveis, como os mariscos, estragam rápido se não conservadas de maneira correta;
  • Marketing:  faça um bom marketing e distribua muitas opções de consumo.

Uma boa divulgação  é uma jogada e tanto para impulsionar o seu negócio. Seja nas redes sociais ou nas ruas, o objetivo é alcançar mais clientes.

Outra maneira de fazer isso, é aumentando as formas de vender o seu peixe. Por exemplo, investir no mercado de delivery. 

Para melhorar não só seu atendimento, como também  as vendas, o ideal é que seu restaurante tenha essa opção.

O delivery de sushi continua em alta, mesmo depois da pandemia do Covid-19. Por isso, é bom ficar atento e procurar a inovação para não ficar para atrás. 

Se quer saber mais sobre o mercado delivery, a Saipos tem um material perfeito para você!

Clique no banner abaixo e faça download gratuito do e-book “Tudo sobre Delivery" e fique por dentro.

4.Tenha um Sistema para restaurante 

Caso esteja pensando em abrir um sushi ou entrar no ramo da culinária japonesa, o sistema Saipos é perfeito para te ajudar a alcançar o sucesso!

O nosso sistema para restaurante foi feito para otimizar e modernizar seu atendimento e serviços.

Além de oferecer uma integração com as principais plataformas de delivery, também possui uma longa lista de benefícios para automatizar seu empreendimento. 

Confira:

  • Emissor de cupom fiscal eletrônico;
  • Emissor de cupom fiscal via SAT;
  • Diferentes módulos de venda;
  • Gestão de garçons;
  • Suporte todos os dias;
  • Monitoramento de pedidos;
  • Gestão financeira;
  • Gestão de motoboys;
  • Gestão de loja e cardápio;
  • Gestão de clientes;
  • Controle de estoque;
  • Controle de caixa;
  • Comanda eletrônica.
  •  

Não fique de fora! Com apenas um click no banner abaixo, você poderá saber de tudo sobre o sistema Saipos:

Sistema para Restaurante Saipos
Sistema para Restaurante Saipos
Faça gestão de todos os setores do seu restaurante com apenas um clique. Não perca tempo, nem dinheiro.
QUERO SABER MAIS
Karine Nunes - Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos
Escrito porKarine Nunes

Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos

Sistema para restaurante