Vendas do Outback no Brasil crescem 3,5% no 2° trimestre comparado ao anterior

Conteúdo Valor Econômico - A Bloomin' Brands, dona da rede de restaurantes Outback, informou que as vendas no Brasil cresceram 3,5%, em termos comparáveis, no segundo trimestre de 2019.

O volume de clientes no período aumentou 1,2%, na comparação anual. Nos Estados Unidos, as vendas da mesma rede de restaurante subiram 1,3%, com queda de 1,6% no número de clientes.

Considerando, no entanto, todas as marcas da companhia no país, houve recuo de 0,6% nas vendas e de 1,4% no volume de consumidores.

A Bloomin' Brands registrou no período de abril a junho lucro de US$ 29 milhões, 8,6% maior que o apurado nos mesmos meses de 2018.

A receita, na mesma base de comparação, recuou cerca de 1%, para US$ 1,02 bilhão, com queda no faturamento dos restaurantes e com as franquias.

O lucro operacional da companhia cresceu 32%, para US$ 43,4 milhões, influenciado pela queda de 2% nos custos e despesas.