Contexto pode influenciar o consumo das refeições

Seja no Brasil ou no México, cada lugar tem sua tradição e influência no consumo

Sabe quando alguém diz: não dá para almoçar sem arroz e feijão? É um dos exemplos de consumo brasil influenciado pelo contexto.

Um estudo feito pela Kantar mostra que boa parte dos consumidores levam em consideração na hora de escolher o que comer. Com dados de diversos países, o “Appetite for Growth” revela os alimentos favoritos do brasileiro no almoço.

O arroz é líder presente em 77,6% nas refeições do Brasil, o feijão em 64% e o óleo em 50,4%. Diferente de outros países, como o México. Lá, o ranking é dominado por vegetais com 51,4%, especiarias com 51,2% e a cebola e alho batendo 49,6%.

Mesmo com as diferenças, os países possuem algum em comum no consumo de comida. Em ambos, a escolha pela carne bovina despencou. Em contrapartida, a procura por proteínas como salsicha e carne de porco aumentaram.

Segundo os dados, essa mudança seria influenciada pelo crescimento da inflação nas regiões e a alteração do preço, dificultando o consumo.

Alimentação nutritiva

O relatório da Kantar usa o termo “momentos de demanda para o consumo”, que aponta que as decisões de compra são influenciadas pelo Coração e Estômago. O primeiro prioriza a relação emocional com o produto, e o segundo, sacia a fome ou cozinha por prazer.

Os dois seriam comandados pelo Relógio, que dita o dia e a hora da semana que ocorrem, conforme o momento de consumo. Nisso, o estudo constrói quatro cenários e o Nutrição Diária é o que mais se aproxima do Brasil.

A escolha e preferência em comidas nutritivas, rápidas e fáceis para começar o dia é uma das características dos brasileiros, o que influencia no consumo. Motivo para que alimentos saudáveis e frescos estejam aumentando no carrinho dos consumidores.

O mesmo acontece na hora do café

O mercado do biscoito é um dos maiores do Brasil. A Indústria movimentou cerca de R$ 29 bilhões no ano passado e 1,5 milhões de toneladas em volume de vendas

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) fez um levantamento sobre os hábitos de consumo do Brasileiro e quase 80% dos adultos consomem biscoito diariamente.

Consumidores afirmam escolher o biscoito mais “saboroso” , “crocante”, “rico em fibras” e “com vitaminas”. O que colabora no relatório da Kantar que 30% dos brasileiros consomem pensando nos nutrientes.

Isso até no café e no lanches da tarde, já que o biscoito é uma das principais escolhas para se alimentar. Esse gosto pela refeição crocante é mais um hábito brasileiro influenciado pelo contexto.

Segundo dados da associação, 41% dos homens e 37% das mulheres preferem consumir biscoito no horário de trabalho. 19% mulheres e 18% homens assistindo TV, entre as refeições ou no café da manhã.

O contexto de carga de trabalho pesadas e o preço acessível das guloseimas podem ser grandes influenciadores nessa taxa alta do consumo brasileiro em biscoito.

ASSINE A SAIPOS NEWS
ASSINE A SAIPOS NEWS
Tenha acesso às principais notícias de food service, gastronomia, delivery e gestão de bares e restaruantes.
QUERO RECEBER A NEWSLETTER
Karine Nunes - Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos
Escrito porKarine Nunes

Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos

ASSINE A SAIPOS NEWS