Higiene alimentar: confira métodos e procedimentos higiênico-sanitários para restaurante

O que é higiene alimentar?

Higiene alimentar é manter uma série de procedimentos e cuidados com o alimento, que começam na sua compra e vão até a entrega do prato ao cliente. Prática que faz parte das normas de vigilância sanitária

Por isso, manter a higiene alimentar no seu restaurante é essencial para garantir a segurança dos clientes e funcionários que lá estão. 

No entanto, muitos empreendedores do ramo não sabem o que significa essa prática. Consequentemente, deixam de realizá-la em seus restaurantes.

Esse processo também inclui cuidados com todos os itens na cozinha e algumas outras normas, que apresentaremos durante o artigo.

Ao realizar essa prática, o seu restaurante evita problemas com a Anvisa, garante qualidade  e segurança a todos os que estão presentes no local e ainda impede possíveis sanções que o estabelecimento viria a sofrer.

Já deu para ver que é muito importante, não é? Pensando nisso, a Saipos montou esse artigo com 8 dicas de como realizar os cuidados com segurança alimentar no seu restaurante. Além disso, também apresentaremos as normas da Anvisa.

Porém, antes de começarmos com o conteúdo, baixe o nosso ebook de Conservação de Alimentos! Ele te ajudará a manter o seu restaurante com alimentos frescos e sem estragar.

Para acessá-lo, basta apertar no banner abaixo!

BAIXE O E-BOOK DE CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS
BAIXE O E-BOOK DE CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS
Aprenda a como conservar os alimentos corretamente em seu restaurante e mantenha a qualidade dos seus pratos.
BAIXE AGORA

8 dicas de como manter a higiene alimentar no seu restaurante

Para manter a higiene alimentar do seu restaurante, é necessário seguir algumas dicas simples, mas essenciais. 

É importante que esses cuidados sejam tomados diariamente, a fim de manter a conservação e a higiene dos alimentos. Afinal, um produto mal cuidado pode estragar todos os ingredientes à volta dele.

Portanto, confira as dicas abaixo para manter boas práticas de higiene e segurança alimentar no seu estabelecimento:

  • Tenha fornecedores de qualidade;
  • Capacite seus funcionários;
  • Realize a limpeza de todos os alimentos;
  • Limpe o ambiente diariamente;
  • Garanta a qualidade da limpeza dos alimentos e dos itens e objetos do restaurante;
  • Tenha normas de higiene pessoal no restaurante;
  • Separe alimentos crus dos cozidos;
  • Garanta a conservação dos alimentos.

1. Tenha fornecedores de qualidade

A primeira dica para manter a higiene dos alimentos é ter fornecedores de qualidade.

São eles que definem a qualidade dos insumos que o seu restaurante possui. Dessa forma, não adianta ter todo o cuidado do mundo com os alimentos se o produto que chega já está perto de estragar.

Portanto, ao escolher os seus fornecedores, não pense somente no valor, mas também na qualidade dos produtos. No entanto, vale destacar que não é o preço que define se o ingrediente é bom ou não.

Pode ter uma empresa que cobra pouco e entrega alimentos bons, enquanto outra que cobra caro por insumos ruins.

2. Capacite os seus funcionários

A segunda dica para manter a higiene de alimentos é capacitar os funcionários do seu restaurante.

É essencial que todas as pessoas que trabalham no estabelecimento saibam qual o processo correto de limpeza, seja dos alimentos, seja do ambiente de trabalho.

Ao realizar a capacitação, todos saberão qual é o padrão a ser seguido, diminuindo a chance de erros e, consequentemente, evitando que os produtos estraguem.

3. Realize a limpeza de todos os produtos

Também é extremamente importante realizar a limpeza de todos os produtos que chegam no restaurante.

Por mais que você tenha fornecedores de qualidade, como sugerimos na primeira dica, é impossível ter a garantia de que os itens que chegam estão limpos.

Além disso, é essencial também limpar os produtos antes de utilizá-los. Apesar de já ter realizado a limpeza ao recebê-los, é possível que eles tenham sujado durante o dia-a-dia.

Dessa forma, para evitar problemas, é importante lavá-los novamente.

4. Limpe o ambiente diariamente

A quarta dica é limpar o ambiente de trabalho todos os dias, sem exceção. 

Seja a cozinha, banheiros ou salão, é essencial que a limpeza ocorra diariamente, para evitar acúmulo de sujeira. 

Isso, além de deixar o local mais agradável, também evita o desenvolvimento e a propagação de microorganismos, que podem afetar na degradação dos alimentos.

No entanto, é importante destacar que a limpeza deve ocorrer nos momentos em que os alimentos estejam menos expostos. Isso evita que os produtos químicos e os equipamentos de higiene encostem ou caiam nos insumos.

Sobre os banheiros, o ideal é que a limpeza seja realizada duas vezes ao dia, por ser um local que acaba ficando mais sujo. 

Quanto ao salão, a prática pode ser realizada no final ou no início do turno, junto com a limpeza da cozinha. No entanto, é necessário limpar as mesas toda vez que o cliente que a estava utilizando ir embora.

5. Garanta a qualidade da limpeza dos alimentos e dos itens e objetos do restaurante

A quinta dica é garantir que a limpeza do restaurante esteja sendo feita com qualidade.

Caso você tenha seguido a segunda dica e tenha capacitado seus funcionários, esse processo será um pouco menos importante. No entanto, ainda é necessário conferir se tudo está sendo feito de maneira correta.

Toda a superfície dos utensílios de cozinha deve estar limpa e higienizada, sem sobras de alimento. Além disso, também é importante enxaguar e secar tudo, pois a água também pode incentivar a proliferação de microrganismos e bactérias.

Higienização x limpeza

A limpeza ocorre quando são retirados os resíduos superficiais, tirando a parte física. Já a higienização é quando ocorre a desinfecção dos organismos vivos. É importante que as duas sejam realizadas em conjunto.

6. Tenha normas de higiene pessoal no restaurante

Nossa sexta dica é definir normas de higiene pessoal no restaurante, para todos os funcionários, inclusive você.

O nosso dia-a-dia é repleto de germes e bactérias, seja nas nossas mãos, nas nossas roupas e até mesmo na nossa respiração. Dessa forma, é impossível evitar que esses organismos circulem no seu restaurante. 

No entanto, é possível diminuir essa quantidade, através da higiene pessoal. Por isso, estabeleça algumas normas de higiene no seu estabelecimento. São ações simples, mas que evitam problemas futuros.

Só de lavar as mãos antes da higiene e manipulação dos alimentos as chances de contaminação diminuem. Além disso, também é possível outras normas, como toucas para evitar que o cabelo caia nos alimentos.

7. Separe alimentos crus dos cozidos

A sétima dica é separar os alimentos crus dos cozidos.

Ao cozinhar os alimentos, os organismos vivos presentes no mesmo acabam sendo eliminados, por conta da alta temperatura. 

No entanto, nos insumos crus, esses organismos permanecem ativos, com chance de contaminação. Portanto, é essencial que esses ingredientes sejam guardados em locais diferentes, sem estarem em contato direto com o outro.

8. Garanta a conservação dos alimentos

A última dica, mas não menos importante, é garantir a conservação dos alimentos.

Como fazer isso? A resposta é simples: conserve na temperatura e nos locais corretos. Não há um segredo grande por cima disso.

Pense, uma carne congelada deve ser mantida dessa maneira até o momento em que for utilizada, correto? Pois então, é isso que deve ser feito. Nada de desligar o congelador durante a noite para poder economizar.

Levando a dica anterior como exemplo, não há porque guardar um alimento cozido com um alimento congelado. Portanto, guarde-os de forma separada. 

Conservando corretamente os alimentos, a chance dos mesmos estragarem é muito baixa.

Quais são as normas da Anvisa?

Existem algumas normas para cozinha de restaurantes que você deve seguir para manter seu estabelecimento dentro do que a Anvisa pede.

São normas simples e que certamente não te trarão nenhum problema caso seu restaurante siga as dicas que apresentamos neste artigo. Confira:

  • Manter a higienização de todo estabelecimento;
  • Manter a higienização de equipamentos e utensílios;
  • Mantenha a higiene de quem manipula os alimentos;
  • Faça o manejo de resíduos corretamente;
  • Utilize os locais de armazenamento adequados;
  • Realize controle de pragas;
  • Tenha a documentação do restaurante em dia.

O que é a Anvisa?

A Anvisa é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e tem como função a proteção da população por meio do controle sanitário da produção e consumo de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária, de acordo com o site do órgão. 

Quais sanções meu restaurante pode sofrer?

Caso você não siga as nossas dicas e a Anvisa encontre irregularidades no seu restaurante, você pode sofrer algumas punições. Confira abaixo as sanções possíveis:

  • Advertência;
  • Multa;
  • Apreensão de produtos;
  • Interdição e inutilização de produtos, serviços e máquinas;
  • Interdição total ou parcial do estabelecimento;
  • Descarte de materiais e equipamentos;
  • Suspensão de vendas ou da fabricação dos produtos;
  • Suspensão ou proibição de propaganda ou publicidade;
  • Cancelamento do Alvará Sanitário ou da Licença de Funcionamento.
  • Automatize o seu restaurante com o sistema de gestão da Saipos

Agora que você já sabe como manter a higiene alimentar do seu restaurante, é hora de melhorar a gestão do seu negócio.

Para isso, é necessário um sistema de gestão de qualidade, como o da Saipos. O nosso software automatiza diversas áreas do seu restaurante, otimizando e agilizando os seus processos administrativos.

Além disso, ainda aumenta a eficiência e diminui a chance de erros na sua gestão. Confira algumas das nossas funcionalidades:

  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Possibilidade de vender por meio do Site Delivery, o site próprio com pedido online e sem taxas;
  • Monitor KDS;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado.

Para acessá-lo, basta clicar no botão abaixo!

Sistema para Restaurante Saipos
Sistema para Restaurante Saipos
Faça gestão de todos os setores do seu restaurante com apenas um clique. Não perca tempo, nem dinheiro.
QUERO SABER MAIS
Daniel Pires Junqueira  - Redator SEO do time de conteúdo da Saipos
Escrito porDaniel Pires Junqueira

Redator SEO do time de conteúdo da Saipos

Baixe o ebook Conservação de Alimentos gratuitamente!