Planejamento de cardápio: veja como elaborar o menu do seu restaurante

O que é um planejamento de cardápio?

O planejamento de cardápio é uma estratégia chave para disparar suas vendas e alavancar seu negócio!

Isso devido às inúmeras maneiras de prender a atenção do cliente e provocar interesse em consumir mais refeições ofertadas.

O planejamento de cardápio é a elaboração de uma estrutura lógica do seu menu usando pratos e combinações de forma que visualmente faça sentido para o cliente.

Por isso, você verá:

Antes de entrarmos mais no assunto sobre como fazer o planejamento de cardápio do seu estabelecimento, confira nosso eBook exclusivo sobre como montar um cardápio.

Clique no banner abaixo e baixe gratuitamente!

Quais são as etapas de um cardápio?

Para descobrir como realizar um bom planejamento de cardápio, primeiro deve-se entender quais são as etapas de um cardápio.

Essa informação é indispensável já que é praticamente o rascunho inicial do planejamento de cardápio. É a partir daí que você poderá entender o layout e seções do menu.

As etapas de uma estruturação de cardápio consistem em:

Etapa

O que é?

Definir o tipo de restaurante

Seu restaurante servirá quais tipos de comida? Confira algumas opções:

  • Comida japonesa;
  • Mexicana;
  • Brasileira;
  • Árabe;
  • Temática;
  • Hamburgueria;
  • Fast food;
  • Churrascaria.

Público alvo

Existe um público consumidor na região onde abrirá seu restaurante? Se sim, procure entender quais pratos do seu tipo de restaurante são os mais buscados.

Ficha técnica dos pratos

Liste e organize os pratos selecionados para servir no seu restaurante e, a partir daí, faça uma ficha técnica com os ingredientes e custos de cada prato.

Precificação dos pratos

Planeje e calcule os custos e lucros para precificar todos os itens do menu.

Layout

Monte o layout do seu cardápio, entendendo o que constará em cada página.

Apresentação

Escolha como o seu cliente terá acesso ao menu:

  • Impresso;
  • Virtualmente por meio de um QR Code;
  • Online em alguma plataforma/site.

Com base nas etapas indicadas na tabela acima, é possível ter uma noção do processo necessário para elaboração de cardápio ideal para o seu restaurante.

Claro, o processo requer dedicar tempo e pesquisa, mas o seu trabalho nesse processo de elaboração de cardápios para restaurantes renderá frutos.

Você acompanhará esses frutos a partir do momento que informação clara, objetiva e bem estruturada do seu cardápio se converter em vendas.

A seguir, você entenderá mais sobre como realizar o planejamento do seu cardápio a partir dos itens citados acima!

Mas, antes, confira nosso eBook com 11 dicas para melhorar o atendimento do seu restaurante. É só clicar no banner abaixo para fazer o download gratuito do material!

Como fazer um planejamento de cardápio?

Agora que você já sabe o que é um cardápio e o que significa fazer um planejamento de cardápio, hora de entender de vez o passo a passo e colocar em prática!

O planejamento de cardápio consiste em desenvolver as cinco etapas citadas na tabela anterior. Cada etapa exige um conhecimento prévio do seu modelo de negócio.

Ou seja, para saber como elaborar um cardápio, primeiro você precisa definir se o seu empreendimento será um restaurante, bar, marmitaria, self service, entre outros.

Em seguida, vamos analisar como proceder com cada passo:

  1. Tipo de restaurante;
  2. Identificando seu público;
  3. Como montar uma ficha técnica;
  4. Precificando seus pratos;
  5. Layout e engenharia de cardápio: entendendo a visão do cliente;
  6. Plataforma para cardápio.

1. Tipo de restaurante

Diferente de definir seu modelo de negócio, é indispensável que você também entenda qual tipo de comida será servido em seu estabelecimento.

Isso porque existem diferentes técnicas e estratégias de vendas se compararmos, por exemplo, um restaurante japonês e um brewpub.

Porém, ambos necessitam desenvolver um cardápio como parte do plano de negócios.

Escolher qual tipo de comida servir não precisa ser complicado. Muitos donos de restaurantes optam por algum gênero alimentício que já gosta bastante.

Se você come muita massa, então pode ser interessante investir em um restaurante com cardápio italiano. Simples, certo? Todavia, escolher com o coração não é suficiente.

É preciso ter cautela porque é possível que, por mais que você seja apaixonado por comida italiana, as pessoas da sua região não curtam tanto.

Em outras palavras, pode não ter clientes. Você sabe identificar se o seu tipo de segmento tem público?

2. Identificando seu público

É hora de observar e pesquisar! Um segredo para não errar e evitar cair no vermelho logo no primeiro ano de empreendimento é entender e identificar o seu público.

De nada adianta ter um estabelecimento lindo, temático e bem estruturado se o ponto comercial não atinge possíveis consumidores.

Para descobrir se, na sua região, existe um público para o seu ramo de alimentação, você pode:

O que fazer?

Como fazer?

Pesquisar

Crie enquetes nas suas redes sociais ou pergunte para pessoas que você conhece qual o tipo de comida elas costumam consumir e quais elas sentem falta nos arredores e centros comerciais.

Observar

Visite outros estabelecimentos da sua região. Ao observar os possíveis concorrentes, você pode ter uma noção de qual tipo de público você irá atrair com o seu restaurante.

Essas são as duas principais formas de começar a entender a clientela e escolher o melhor tipo de restaurante para abrir de acordo com o público e seu próprio gosto.

Por isso, é interessante encontrar um ponto de equilíbrio entre sua paixão e o que traz clientes.

Aliás, esse é um hábito que você não pode perder independente de quanto tempo seu empreendimento tenha!

Procure sempre observar seus concorrentes e fazer pesquisas de satisfação com seus consumidores.

É uma forma de garantir inovação recorrente no seu menu e um atendimento ao cliente impecável para atrair cada vez mais pessoas!

3. Como montar uma ficha técnica

Uma ficha técnica, no ramo de restaurantes, significa detalhar cada prato em uma planilha ou documento.

Assim, cada produto terá uma ficha com ingredientes, quantidades e valores.

Parece complicado, mas só requer um pouco mais de atenção ao preencher as informações.

Esse tipo de documento é muito importante para definir o que vale a pena comercializar ou não baseado no orçamento destinado para investir em ingredientes e insumos.

Vamos supor que você queira vender filé mignon ao molho madeira como um dos pratos do seu restaurante.

Porém, ao avaliar o custo para produzir esse prato, você percebeu que só conseguiria investir em uma quantidade baixa de produção de filé mignon ao molho madeira por mês.

Por outro lado, você descobre que um prato de filé de frango ao molho maracujá, além de ficar mais em conta, ainda permite que você invista melhor em outros produtos.

Em ambas opções existem prós e contras, mas o que costuma desempatar na hora de decidir o que irá compor o menu ou não é qual prato será mais consumido pelo público.

Isso depende de fatores como valor de venda do prato e lucro em relação ao gasto.

Com isso em mente, confira nossa planilha para cadastros de produtos. Ela servirá para te auxiliar com a ficha técnica já que poderá entender e cadastrar dados como:

  • Nome dos seus produtos;
  • Número individual de identificação;
  • Descrição geral dos produtos;
  • Custo unitário;
  • Nome do fornecedor;
  • Preços de venda.

Aperte no banner abaixo e baixe gratuitamente!

BAIXE PLANILHA DE CADASTRO DE PRODUTOS
BAIXE PLANILHA DE CADASTRO DE PRODUTOS
Faça o cadastro de todos os seus produtos e tenha controle total do seu estoque.
BAIXAR AGORA

4. Precificando seus pratos

Ao montar a estrutura de um cardápio, é claro que não se pode esquecer dos preços. Mas como precificar corretamente as refeições disponibilizadas?

O primeiro passo é analisar a ficha técnica dos pratos selecionados para serem vendidos no seu estabelecimento.

É importante que cada ficha contenha:

  • Valor do ingrediente usado proporcional à quantidade utilizada no prato;
  • Valor do insumo usado proporcional à quantidade utilizada no prato;
  • Nome do ingrediente/insumo;
  • Nome do fornecedor do ingrediente/insumo.

Essas informações são a base da sua ficha técnica e deverão ser levadas em consideração ao precificar o seu produto.

Ao somar, existem ainda outras questões para serem levadas em consideração. Entre elas, vale entender o valor médio em que cada prato é vendido atualmente no mercado.

Isso poderá ser uma forma de se orientar sobre o que o público já está acostumado a pagar pelo que está sendo oferecido.

Para te orientar e facilitar todo esse processo, preparamos uma planilha de precificação! Com a estrutura pré-montada, fica muito mais prático e rápido organizar as informações.

Aperte no banner abaixo e garanta gratuitamente a sua planilha de precificação de pratos!

BAIXE PLANILHA PARA CALCULAR PREÇO DOS PRATOS
BAIXE PLANILHA PARA CALCULAR PREÇO DOS PRATOS
Organize e calcule o custo de todos os pratos do seu restaurante com a nossa planilha gratuita.
BAIXAR AGORA

5. Layout e engenharia de cardápio: entendendo a visão do cliente

Com o modelo de negócio, tipo de restaurante, lista de pratos e precificação concluídos, chegou o momento de escolher um layout para o seu cardápio.

Você sabia que até mesmo a forma como o menu é estruturado pode ser uma estratégia de vendas?

Através de algo chamado engenharia de cardápio, é possível organizar tudo para que o cliente compre, por exemplo, um acompanhamento que originalmente não planejava pedir.

O que é engenharia de cardápio?

Se trata de uma estratégia do padrão de organização do seu cardápio! A partir da engenharia de cardápio, você desenvolve maneiras de persuadir o cliente na hora da compra.

Confira, no vídeo abaixo, 4 passos para vender mais usando a engenharia de cardápio:

Vídeo - Saipos

Outro aspecto do layout do cardápio que vale sua atenção é o visual. Ter um menu visualmente agradável e atraente faz toda a diferença!

Pensando nisso, disponibilizamos 70 artes para cardápio. Clique no botão verde que aparece na sua tela e faça o download gratuitamente.

6. Plataforma para cardápio

Após ter tudo estruturado e conferir todas as características de um cardápio, é importante entender as possibilidades de disponibilização.

Atualmente, é muito comum que os clientes acessem o menu a partir de códigos QR code. O mundo digital abre as portas para possibilidades.

Sem contar que investir no digital, além de econômico, permite que você faça alterações no cardápio sem precisar se preocupar com reimprimir todas as cópias.

A partir do QR code, o público poderá acessar um site para fazer os pedidos ou abrir o menu em formato PDF para escolher e informar ao garçom.

Assim, vale considerar um aplicativo para elaboração de cardápios para restaurantes PDF ou buscar por um menu online que pode ser integrado a um software de restaurantes.

Bônus: Invista em um sistema para restaurante!

Não é segredo que o digital está tomando conta da humanidade. Mas uma das grandes estratégias de negócio é simplificar e inovar.

Para isso, vale a pena investir em um software de gestão para centralizar toda burocracia e gestão da sua marmitaria em um só lugar!

O sistema para restaurante da Saipos é capaz de automatizar e otimizar seu empreendimento.

Oferecemos serviços de alta qualidade e tecnologia, com direito a Integração com os principais apps de delivery do mercado, comanda eletrônica e também controle de estoque!

Confira abaixo algumas funcionalidades do Software da Saipos:

  • Controle financeiro com relatórios em tempo real;
  • Controle de estoque com ficha técnica;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes através de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Viu quantas vantagens? E tem muito mais! Aperte no banner e veja porquê a Saipos é o melhor sistema para restaurantes do Brasil!

Sistema para Restaurante Saipos
Sistema para Restaurante Saipos
Faça gestão de todos os setores do seu restaurante com apenas um clique. Não perca tempo, nem dinheiro.
QUERO SABER MAIS
Marianna Ferry - Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos
Escrito porMarianna Ferry

Redatora SEO do time de conteúdo da Saipos

Baixe grátis: 70 artes para cardápio