Quem paga a taxa iFood? Descubra no conteúdo abaixo!

William Martins - Jornalista e Analista de Marketing e SEO da Saipos
Escrito porWilliam Martins

Jornalista e Analista de Marketing e SEO da Saipos

Descubra quem paga a taxa do iFood

Quem paga a taxa do iFood, o restaurante ou o cliente, pode ser escolhido por você! Isso acontece porque todo o colaborador da plataforma precisa pagar alguns encargos.

Para quem não sabe, o app cobra uma taxa de 12% a 27% em cada pedido, fora a mensalidade, que fica entre R$ 100 e R$ 130. 

Para cobrir esses valores, você pode aumentar o preço dos seus produtos. Ou, pode apenas deixar como mais um dos seus custos fixos.

Isto é, não conte com o preço integral do que for realizado na plataforma, sempre desconte o valor citado acima para ter uma visão real de faturamento.

Muitas pessoas tem dúvidas relacionadas às taxas cobradas pelo iFood, e se vincular-se a ele realmente é vantajoso. Pensando nisso, a Saipos selecionou algumas informações relevantes sobre esse tema que irão te ajudar!

O que você vai ver por aqui:

Mas antes disso, aproveite para baixar nosso e-book "8 dicas para migrar para o delivery". Aperte no banner e faça o download grátis!

Como o restaurante é divulgado pelo iFood?

Apesar do valor cobrado, a plataforma não faz diferenciação no tipo de tratamento de um estabelecimento para outro.

O aplicativo oferece oportunidades iguais a todos os restaurantes de terem a mesma visibilidade.

Mas, o que pode alterar a regra é o critério da avaliação dos clientes.

Conforme for a avaliação dos usuários sobre o local, a sua empresa pode subir ou descer na lista.

Então é importante saber quem paga a taxa iFood, o restaurante ou o cliente, para deixar os valores nítidos ao seu consumidor.

A quantidade de pessoas que utilizam o app é muito grande, então o seu estabelecimento tem muitas chances de crescer após sua inscrição na empresa de entregas delivery.

A partir disso, você deve decidir se repassa esse valor para o seu cliente, aumentando o preço do produto final, ou se perde um pouco no faturamento, mas ganha na quantidade de vendas.

São duas estratégias que você deve analisar bem e ver qual é a melhor para o seu restaurante.

Quais são os planos do iFood?

Atualmente, estão disponíveis dois tipos de planos para que os estabelecimentos possam escolher.

Então, se você quer aumentar o seu faturamento, confira como eles funcionam:

1. Plano Básico

Neste caso, a sua empresa só pagará se vender.

  • 12% sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega (mais 3,5% para pagamento online);
  • Mensalidade grátis por 3 meses. Depois disso, paga-se 100 reais por mês, caso venda mais de 1800 reais por mês;
  • Entrega do pedido realizada pelo restaurante.

2. Plano Entrega

Nesse plano a entrega fica por conta do aplicativo.

  • 25% nos três primeiros meses e 27% nos demais meses, sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega;
  • Mensalidade grátis por 3 meses. Após isso, paga-se 130 reais por mês se vender mais de 1800 reais no mês;
  • Entrega feita pelo iFood.

Como o funciona o iFood?

Se quer saber como funciona o iFood,  ele se tornou o maior aplicativo de comida delivery do Brasil. Ele permite que o cliente faça a escolha das suas refeições direto do seu smartphone, sem precisar sair do lugar.

Além disso, possibilita ao empresário, dono de restaurante, vender mais e aumentar a sua visibilidade.

O iFood para restaurantes é uma nova maneira de realizar vendas e de apresentar seus pratos às pessoas que buscam comida e está disponível para Windows Phone, Android e IOS.

Além disso, ele dá vantagens às duas partes, mas é importante que você decida quem paga a taxa iFood, o restaurante ou cliente, para organizar os valores de forma correta.

O iFood atende mais de 236 mil restaurantes, e tem mais de 48 milhões de pedidos realizados na plataforma todos os meses, segundo os dados divulgados no site institucional da plataforma.

Os restaurantes são integrados a um sistema, onde há uma impressora destinada apenas para fazer o serviço de entregas do app.

Existe uma equipe que monitora todas as informações entre clientes e estabelecimentos, podendo utilizar as funcionalidades do ifood portal. Assim,  é possível garantir segurança e confiança a quem está usando o app.

Mas, mesmo o iFood sendo uma plataforma que aumenta a visibilidade dos restaurantes, é necessário colocar força na divulgação.

Abaixo nós separamos um material que vai mudar totalmente o seu jeito de vender. "5 Dicas  para divulgar o seu delivery e aumentar suas vendas". Para baixar é só apertar no banner!

 Quais são as desvantagens de usar o iFood?

Apesar de oferecer diversos benefícios, o iFood também traz desvantagens significativas. Por isso, é importante prestar atenção para entender se, no seu caso, optar pela parceria é vantajoso.

Valor elevado e altas taxas

Muitos donos de restaurantes desistem de se inscreverem no iFood, pois a porcentagem que o aplicativo cobra é muito alta.

Para quem utiliza os iFood entregadores da plataforma, então, 27% vai diretamente para o app, um valor alto considerando que o preço da venda também precisa cobrir outros custos fixos e variáveis.

Como vender sem taxas com o Site delivery Saipos?

Com o Sistema de gestão da Saipos, que oferece o seu Site Delivery, o site próprio dos estabelecimentos, você tem como vender muito mais sem pagar nenhum centavo de taxas sobre os pedidos via delivery. 

Apenas com a mensalidade do Sistema Saipos o seu cliente pode comprar e fazer o pagamento online, tendo acesso direto ao seu cardápio, em um ambiente digital que é a cara do seu restaurante.

Já pensou em poder otimizar a experiência de compra dos seus clientes? 

Assim, a sua operação e atendimento podem ser muito mais ágeis!

 

Conheça o melhor Sistema de gestão para restaurantes, com Site Delivery! Economize e qualifique a sua operação com o Software da Saipos. Aperte no banner e descubra todos os benefícios!

Forte concorrência

Há muitos estabelecimentos que oferecem os mesmos pratos utilizando o aplicativo. Isso pode gerar dificuldades em aumentar as vendas.

Se antes só eram considerados concorrência, os estabelecimentos próximos do restaurante, agora essa realidade mudou.

O usuário pode adquirir produtos a venda em longa distância, se pagar a taxa de entrega. Assim, com muitas possibilidades na palma da mão, você precisará se esforçar mais para  conquistá-lo, através de cupons de desconto e ações atrativas.

Por que utilizar um sistema para delivery é essencial?

Muitas pessoas não entendem o motivo de utilizar um sistema de gestão integrado ao delivery, mas existem pontos que esclarecem facilmente essa necessidade.

Com o iFood, os pedidos geralmente aumentam em um curto período de tempo. E é aí que os problemas começam a aparecer: atrasos nos pedidos, desorganização, dificuldade de entender os resultados financeiros, erros nos preparos.

Nesse sentido, também é importante que fique claro que o iFood possui um Gestor de Pedidos, mas para dar conta do andamento das demandas, é necessário que haja alguém para fazer esse acompanhamento.

Com um sistema de gestão para delivery, como o da SAIPOS, seu restaurante evita retrabalhos e tem um controle eficaz e ágil, totalmente automatizado e integrado com as principais plataformas.

Além disso, o sistema da Saipos atua com melhorias nos processos do seu delivery desde o recebimento do pedido, até a entrega, passando por controle de vendas, estoque, toda a parte financeira, emissão de cupons fiscais e muito mais.

Conheça o sistema para delivery com melhor custo benefício do Brasil. Aperte no banner e surpreenda-se!