Quem paga a taxa iFood? Descubra no conteúdo abaixo!

Taxa Ifood: descubra quem paga por ela! 

A taxa ifood não é novidade para os colaboradores do app, mas afinal como funcionam as taxas desse delivery? Nós vamos te contar nesse texto. 

O iFood é um dos aplicativos de delivery mais conhecido no Brasil, contando com mais de 300 mil restaurantes cadastrados, e esse número não tende a diminuir! 

Além de ser uma ótima opção para aqueles que iniciaram a pouco tempo ou para alguém que procura divulgar seu empreendimento, a ferramenta vai com certeza alavancar suas vendas. 

Mad claro que apesar de todas essas vantagens, o ifood conta com algumas taxas e mensalidades, nós vamos falar mais sobre isso durante o texto, veja só: 

Você já usa o Ifood ou tem vontade de entrar no ramo de delivery? A Saipos tem um Comparador de Apps Delivery! Clique no banner abaixo e confira.

Descubra quem paga a taxa do iFood

Quem paga a taxa do iFood, o restaurante ou o cliente, pode ser escolhido por você! Isso acontece porque todo o colaborador da plataforma precisa pagar alguns encargos.

Para quem não sabe, o app cobra uma taxa de 12% a 27% em cada pedido, fora a mensalidade, que fica entre R$ 100 e R$ 130. 

Para cobrir esses valores, você pode aumentar o preço dos seus produtos. Ou, pode apenas deixar como mais um dos seus custos fixos.

Isto é, não conte com o preço integral do que for realizado na plataforma, sempre desconte o valor citado acima para ter uma visão real de faturamento.

Muitas pessoas tem dúvidas relacionadas às taxas cobradas pelo iFood, e se vincular-se a ele realmente é vantajoso. Pensando nisso, a Saipos selecionou algumas informações relevantes sobre esse tema que irão te ajudar!

Como o restaurante é divulgado pelo iFood?

Apesar do valor cobrado, a plataforma não faz diferenciação no tipo de tratamento de um estabelecimento para outro.

O aplicativo oferece oportunidades iguais a todos os restaurantes de terem a mesma visibilidade.

Mas, o que pode alterar a regra é o critério da avaliação dos clientes.

Conforme for a avaliação dos usuários sobre o local, a sua empresa pode subir ou descer na lista.

 

IFOOD-SISTEMA-SAIPOS

 

Então é importante saber quem paga a taxa iFood, o restaurante ou o cliente, para deixar os valores nítidos ao seu consumidor.

A quantidade de pessoas que utilizam o app é muito grande, então o seu estabelecimento tem muitas chances de crescer após sua inscrição na empresa de entregas delivery.

Quais são os planos do iFood?

Atualmente, estão disponíveis dois tipos de planos para que os estabelecimentos possam escolher.

Então, se você quer aumentar o seu faturamento, confira como eles funcionam:

Plano Básico

Plano entrega 

12% sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega (mais 3,5% para pagamento online)

25% nos três primeiros meses e 27% nos demais meses, sobre o valor dos pedidos, incluindo a taxa de entrega

Mensalidade grátis por 3 meses. Depois disso, paga-se 100 reais por mês, caso venda mais de 1800 reais por mês

Mensalidade grátis por 3 meses. Após isso, paga-se 130 reais por mês se vender mais de 1800 reais no mês

Entrega do pedido realizada pelo restaurante

Entrega feita pelo iFood.

 

Vale a pena analisar e ver qual mais se encaixa no seu orçamento, tenha em mente sua localização e se você tem bons motoboys a sua disposição.

Faça os cálculos e análise qual compensa mais, se você pode arcar com o gasto do salário de um motoboy ou as taxas de entrega do ifood!

Quem paga a taxa iFood

Como o funciona o iFood?

Se quer saber como funciona o iFood,  ele se tornou o maior aplicativo de comida delivery do Brasil. Ele permite que o cliente faça a escolha das suas refeições direto do seu smartphone, sem precisar sair do lugar.

Além disso, possibilita ao empresário, dono de restaurante, vender mais e aumentar a sua visibilidade.

O iFood para restaurantes é uma nova maneira de realizar vendas e de apresentar seus pratos às pessoas que buscam comida e está disponível para Windows Phone, Android e IOS.

Além disso, ele dá vantagens às duas partes, mas é importante que você decida quem paga a taxa iFood, o restaurante ou cliente, para organizar os valores de forma correta.

O iFood atende mais de 236 mil restaurantes, e tem mais de 48 milhões de pedidos realizados na plataforma todos os meses, segundo os dados divulgados no site institucional da plataforma.

Os restaurantes são integrados a um sistema, onde há uma impressora destinada apenas para fazer o serviço de entregas do app.

Existe uma equipe que monitora todas as informações entre clientes e estabelecimentos, podendo utilizar as funcionalidades do ifood portal. Assim,  é possível garantir segurança e confiança a quem está usando o app.

Mas, mesmo o iFood sendo uma plataforma que aumenta a visibilidade dos restaurantes, é necessário colocar força na divulgação.

 Quais são as desvantagens de usar o iFood?

Apesar de oferecer diversos benefícios, o iFood também traz desvantagens significativas. Por isso, é importante prestar atenção para entender se, no seu caso, optar pela parceria é vantajoso.

Valor elevado e altas taxas

Muitos donos de restaurantes desistem de se inscreverem no iFood, pois a porcentagem que o aplicativo cobra é muito alta.

Para quem utiliza os iFood entregadores da plataforma, então, 27% vai diretamente para o app, um valor alto considerando que o preço da venda também precisa cobrir outros custos fixos e variáveis.

Como vender sem taxas com o Site delivery Saipos?

Com o Sistema de gestão da Saipos, que oferece o seu Site Delivery, o site próprio dos estabelecimentos, você tem como vender muito mais sem pagar nenhum centavo de taxas sobre os pedidos via delivery. 

Apenas com a mensalidade do Sistema Saipos o seu cliente pode comprar e fazer o pagamento online, tendo acesso direto ao seu cardápio, em um ambiente digital que é a cara do seu restaurante.

Já pensou em poder otimizar a experiência de compra dos seus clientes? 

Assim, a sua operação e atendimento podem ser muito mais ágeis!

Forte concorrência

Há muitos estabelecimentos que oferecem os mesmos pratos utilizando o aplicativo. Isso pode gerar dificuldades em aumentar as vendas.

Se antes só eram considerados concorrência, os estabelecimentos próximos do restaurante, agora essa realidade mudou.

O usuário pode adquirir produtos a venda em longa distância, se pagar a taxa de entrega. Assim, com muitas possibilidades na palma da mão, você precisará se esforçar mais para  conquistá-lo, através de cupons de desconto e ações atrativas.

Por que utilizar um sistema para delivery é essencial?

Muitas pessoas não entendem o motivo de utilizar um sistema de gestão integrado ao delivery, mas existem pontos que esclarecem facilmente essa necessidade.

Com o iFood, os pedidos geralmente aumentam em um curto período de tempo. E é aí que os problemas começam a aparecer: atrasos nos pedidos, desorganização, dificuldade de entender os resultados financeiros, erros nos preparos.

Nesse sentido, também é importante que fique claro que o iFood possui um Gestor de Pedidos, mas para dar conta do andamento das demandas, é necessário que haja alguém para fazer esse acompanhamento.

Com um sistema de gestão para delivery, como o da SAIPOS, seu restaurante evita retrabalhos e tem um controle eficaz e ágil, totalmente automatizado e integrado com as principais plataformas.

O Site Delivery da Saipos faz parte do nosso Sistema de Gestão para Restaurantes - o mais completo do mercado.

      Confira abaixo algumas funcionalidades do Software da Saipos:

  • Controle financeiro com relatórios em tempo real;
  • Controle de estoque com ficha técnica;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes através de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Saiba tudo sobre o software que vai revolucionar seu negócio apertando no banner abaixo.

 

Descobrir taxas dos apps