O que é uma steakhouse?

Mariana Moraes - Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.
Escrito porMariana Moraes

Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.

O que é steakhouse e como funciona?

Steakhouse é uma espécie de churrascaria que busca inspirações gastronômicas dentro de cardápios norte-americanos.

A linha de carnes é o carro chefe, e os cortes seguem a linha da escola de açougues dos Estados Unidos. 

Comer carne é uma tradição em muitos países do mundo. O ato faz parte da cultura da civilização desde os primórdios e, no Brasil, por exemplo, é uma pedida obrigatória em quase todos os estabelecimentos.

Por aqui, a maioria dos negócios utiliza uma estrutura a carvão para preparar o famoso churrasco. O espeto corrido, por exemplo, nasceu na década de 1960 nas regiões do Paraná e Rio Grande do Sul. 

A tradição local se popularizou e ganhou espaço em diversos restaurantes por todo o Brasil, inclusive em variações recheadas de referências de outros países do mundo.

Diferentemente do que os brasileiros conhecem como churrasco, a steakhouse oferece carnes em estilos rústicos.

Veja abaixo a origem desse tipo de negócio, as melhores formas de montar um cardápio de steakhouse e o porquê de o segmento estar ganhando destaque no Brasil. 

Para começar o assunto, baixe grátis nosso e-book sobre “Como montar um cardápio”. Aperte no banner abaixo!

O surgimento da steakhouse

As steakhouses ou chophouses - termo mais difundido na Inglaterra -  surgiram em meados da década de 1690 em Londres, mas se tornaram ainda mais populares no século 19, nos Estados Unidos. 

Esses estabelecimentos eram conhecidos por servir porções individuais de carne, chamadas de costeletas - corte composto pela costela de animais como carneiro, porco e boi. Quase um churrasco gourmet.

A forma rústica utilizada no preparo das carnes se tornou um símbolo ao redor do mundo e utiliza, em grande parte, uma churrasqueira a carvão para assar, lentamente, as carnes.

Ao longo do tempo, muitas técnicas foram aperfeiçoadas de modo a oferecer cortes ainda mais macios e suculentos. As inovações vieram acompanhadas de novas receitas, que incluíam não apenas carnes, mas saladas e massas.

O que não pode faltar no cardápio de uma steakhouse?

As steakhouses preferem utilizar carnes nobres, com bois da raça Angus e Wagyu e atendem a um público mais exigente.

Diferentemente do Brasil, onde é normal abrir churrascaria com cortes como picanha, alcatra ou filé mignon, nas steakhouses, encontramos born ribs, t-bones ou tomahawks, por exemplo. 

Em acompanhamento às carnes, são servidos pratos clássicos da culinária norte-americana que atendem, geralmente, de duas a quatro pessoas. 

Junto a elas, encontramos massas, sanduíches, saladas e molhos agridoces, onion rings, cebola crispy, queijo fundido, mac and cheese e batata assada.

Os pratos harmonizam com chopp, cerveja, drinks, sucos, coquetéis - alcoólicos e não alcoólicos e, é claro, uma boa carta de vinhos.

Toda essa atmosfera é acompanhada de um ambiente aconchegante e que remete ao cenário country do cerrado norte-americano, com detalhes em madeira, couro e ferro. 

Ascensão das steakhouses no Brasil

Já existe uma grande oferta e procura por steakhouses desde o início dos anos 2000.

O exemplo mais conhecido é o Outback, cadeia de restaurantes norte-americana com influências australianas, que chegou ao Brasil em 1997 e se espalhou por diversas cidades do planeta.

O sucesso no Brasil não foi por acaso. Além de o país ser um dos maiores produtores de carnes bovinas do mundo, já existem diversos açougues e frigoríficos especializados em oferecer cortes nobres e que seguem a escola norte-americana.

Por aqui, como já dito anteriormente, o foco destes restaurantes é oferecer uma experiência completa a clientes das faixas econômicas A e B.

Como lucrar mais com uma steakhouse?

Como empreendimentos com um conceito bastante reconhecível, as steakhouses dão a possibilidade de investir na decoração e em um bom marketing digital para restaurante.

Mesmo sendo um tipo de restaurante “gringo”, oferecer iguarias e sabores brasileiros pode ser uma boa jogada. Aproveite e combine suas carnes nobres com molhos, acompanhamentos e bebidas.

Além disso, churrasco para entrega pode aumentar sua lucratividade em época de distanciamento social - ou até depois, visto que muitas pessoas se acostumaram com a praticidade do delivery.

Não se esqueça de colocar sua steakhouse no Google, para que ela seja facilmente encontrada por futuros clientes. Quer saber como? Aperte no banner abaixo!

Tenha um sistema para sua steakhouse

Ter um sistema de gestão para restaurantes, como a Saipos, é a ajuda que você precisa.

Dessa forma, sua preocupação será a qualidade dos alimentos, do seu atendimento e a divulgação da steakhouse.

Conte com a Saipos nesse processo! Nosso sistema para restaurantes dá a possibilidade de um controle seguro e efetivo. Veja só algumas vantagens:

  • Controle de estoque;
  • Relatórios: do financeiro à produção;
  • Controle financeiro;
  • Gestão de entregadores;
  • Monitor KDS;
  • Integração com aplicativos de entrega;
  • E muito mais!

Para conhecer e aproveitar o serviço que só o Sistema da Saipos pode entregar, aperte no banner abaixo e assista a uma demonstração grátis!