Como fazer Controle de Estoque: Conheça os segredos

Tainara Braga - Graduanda de Jornalismo, Analista de Marketing e Redatora SEO.
Escrito porTainara Braga

Graduanda de Jornalismo, Analista de Marketing e Redatora SEO.

Como fazer controle de estoque no meu restaurante?

Para saber como fazer controle de estoque para restaurante, basta que você, ou o gestor de estoque do estabelecimento, registre e separe todo tipo de produto armazenado.

Dessa forma, basicamente, o gestor de estoque precisa:

  1. Anotar na planilha ou sistema de controle de estoque o custo unitário, o custo total e a quantidade de produtos vendidos;
  2. Sempre verificar se o saldo calculado na planilha se afina com o estoque físico armazenado;
  3. Calcular na planilha o custo unitário, o custo total e a quantidade dos produtos que ficaram em estoque.

Em um primeiro momento, isso é o básico que você deve saber sobre como fazer controle de estoque. 

Esse método visa informar a quantidade disponível de cada produto armazenado e, também, o valor de cada item. 

Portanto, controlar o estoque é uma tarefa essencial e muito importante, seja para pequenas, médias ou grandes empresas.

Sendo assim, caso esse trabalho não seja realizado no seu negócio, pode acarretar diversos efeitos negativos, que afetam a funcionalidade de todo o restaurante.

Para ajudar você nesse processo, baixe gratuitamente a planilha de controle de estoque que a Saipos preparou! É só apertar no banner!

Como melhorar meu controle de estoque?

Para saber como fazer controle de estoque e melhorá-lo, você precisa, primeiramente, organizar sua mercadoria armazenada em um espaço amplo e limpo.

Falando em organização, é interessante usar o controle de estoque manual ou sistema de controle de estoque para otimizar a rotina do restaurante e minimizar gastos.

Caso você esteja começando seu negócio, não se preocupe, existem diversas ferramentas e softwares gratuitos que podem ajudá-lo nesse processo.

Mas, antes de tudo, você deve estabelecer uma rotina e criar processos detalhados e ter um planejamento de como fazer controle de estoque.

Sendo assim, os primeiros passos que você pode dar para começar essa jornada são:

  • Faça um inventário do seu estoque;
  • Cadastre SEMPRE todos os produtos;
  • Categorize todos os produtos;
  • Faça um controle rigoroso de todas as entradas e saídas;
  • Faça o controle de estoque de produtos acabados;
  • Integre todos os setores da empresa;
  • Utilize uma ferramenta de controle de estoque (planilha ou sistema).

Organizando essas orientações, você já tem meio caminho andando sobre como fazer controle de estoque!

Informações importantes

Baseado em tudo que está saindo, o gestor do controle de estoque consegue medir a rotatividade dos produtos de maneira organizada.

Dessa forma, será útil em compras futuras que o estabelecimento for realizar, melhorando o aproveitamento do capital de giro do negócio.

Além disso, a segurança de que as mercadorias são realmente utilizadas e não desviadas é certa.

Mas como fazer isso funcionar de maneira eficaz? A Saipos explica:

  1. Seja rígido com o controle das entradas e saídas de produtos;
  2. Anote na planilha ou sistema TODAS as entradas e saídas;
  3. Toda e qualquer saída de estoque tem que ser acompanhada de requisição de saída;
  4. Não permitir a retirada de produtos ou materiais sem identificar quem retirou;
  5. Estabeleça o Inventário Rotativo, uma forma de escolher, diariamente, alguns itens para serem contados. Qualquer diferença encontrada deve ser comunicada e averiguada.

Dessa maneira, se você seguir essas orientações, seu controle de estoque terá eficácia desde o começo. Portanto, mantenha essa excelência para resultados positivos!

10 dicas de como fazer um controle de estoque

Agora a Saipos vai apresentar para você dez dicas que podem determinar sobre como fazer controle de estoque no seu restaurante. Saiba quais!

1. Tenha um fornecedor de segurança

É fundamental que você tenha contato com um profissional experiente e de confiança. Esse fornecedor vai ser sua fonte para conseguir preços bons e mercadoria de qualidade.

Portanto, também é necessário saber negociar com esses profissionais. Dê preferência para parceiros com empresas que sejam flexíveis e ágeis na entrega da mercadoria.

Dessa forma, você evitará, por exemplo, situações como ficar sem um produto que é bastante solicitado, causando a  insatisfação de clientes.

A agilidade na entrega da mercadoria é tão importante quanto o preço e a qualidade dos itens, e isso deve ser levado em consideração na hora de escolher um fornecedor.

2. Trabalhe com um estoque reduzido

O gestor precisa comprar na medida certa e trabalhar com um estoque reduzido. Um armazenamento pequeno é bem mais fácil de ser organizado.

Dessa maneira, você se beneficiará, pois o gerenciamento se tornará mais simples, o espaço físico será menor e os custos com os desperdícios serão menores.

É claro que podem haver algumas situações em que será preciso realizar um estoque maior, seja para a preparação de uma época específica do ano ou por uma promoção imperdível.

Porém, o conceito é que o estoque esteja sempre o mais enxuto possível, lembrando sempre de alinhar isso com os outros setores do estabelecimento.

Com essa dica também é importante salientar de sempre manter uma relação próxima com os fornecedores, pois isso facilitará na hora de conseguir mais rapidamente os produtos necessários.

3. Faça promoções de queima de estoque

Caso você necessite equilibrar suas contas, queimas de estoque são uma saída. Esse método é bem comum para se livrar dos produtos encalhados no armazenamento.

Esses itens estagnados podem causar prejuízos para o restaurante, ocupando espaço e tendo data de validade batida.

Sendo assim, uma liquidação é uma ótima escolha para queimar o estoque e liberar espaço para produtos mais lucrativos.

4. Previna desvios e roubos

Nenhum restaurante quer ter prejuízos relacionados a roubos e desvios. Prevenir esses acontecimentos é um fator de extrema importância do controle de vendas e estoque.

Portanto, examinar as cargas quando chegam ao depósito e ter câmeras de segurança no estoque são atitudes que podem ajudar nesse sentido.

Nesse caso, se o gestor sabe como fazer controle de estoque eficaz, minimizará as chances de acontecerem desvios e roubos.

5. Entenda as diferentes formas de controlar o estoque

Para saber como fazer controle de estoque você deve estar atento às diferentes maneiras que existem de realizar essa tarefa.

Vamos apresentar algumas delas para você tomar conhecimento e utilizar no seu restaurante:

 

PEPS Significa “Primeiro que Entra, Primeiro que sai”, é um método que gerencia o estoque com base de uma ordem cronológica, sendo que a mercadoria que está há mais tempo armazenada tem prioridade para sair.
UEPS Significa “Última a Entrar e a Primeira a Sair, é baseada no preço do último lote armazenado. 
Média Ponderada Esse método faz o controle de estoque com base do valor médio das mercadorias estocadas.

Sendo assim, o gestor de estoque deve procurar aprender mais sobre essas técnicas e escolher alguma que de adapte melhor à realidade do restaurante para melhorar seu desempenho. 

6. Utilize automatização no controle de estoque

Automatizar o controle de estoque pode trazer mais benefícios do que você possa imaginar. Utilizando softwares feitos para realizar essa atividade, não haverá erros por distração.

Além do mais, são mais ágeis e podem liberar a equipe para a realização de outras tarefas mais urgentes para a funcionalidade do estabelecimento.

Sendo assim, atividade repetitivas, como cadastro de produtos e verificação, tomam muito tempo dos funcionários. 

Por isso, a automatização do controle de estoque é uma maneira eficiente de otimizar tempo e economizar dinheiro.

Aperte no banner e baixe grátis a melhor planilha de controle de vendas para restaurante!

7. Tenha um controle rigoroso

Essa é uma dica super importante para saber como fazer um controle de estoque com excelência. 

Controlar a entrada e saída dos produtos deve ser lidado de maneira bastante rígida, e a equipe deve estar ciente disso.

Portanto, defina que é extremamente proibido deixar algo para registrar mais tarde, por exemplo. Esses tipos de atitudes podem fazer o estoque perder o controle e falhar.

8. Faça um planejamento baseado no histórico de movimentação

Nessa situação, o lema é “estoque parado é dinheiro parado”. Portanto, para reabastecer seu estoque não deve-se levar apenas o volume atual em consideração.

Sendo assim, avaliar os históricos de movimentação é uma ação necessária, levando em conta critérios de sazonalidade, caso exista, para realizar uma compra mais eficiente.

É comum que um produto ter mais retirada em uma época do ano, mas na hora da próxima compra pode não ser necessário.

9. Determine inspeções regulares do estoque

Estabeleça uma rotina de inspeções periódicas do estoque, a fim de detectar falhas que podem se tornar problemas reais na operação.

Essas vistorias podem ser diárias, mensais ou semestrais, dependendo dos tipos de produtos armazenados no seu estabelecimento.

Portanto, defina uma rotina e um método para realizar esse controle periódico dos estoque que combine com as necessidades do restaurante.

Fazendo isso, além de encontrar e corrigir erros, você aproveita para entender por que tais falhas ocorrem e melhore os processos que levam a elas.

Dessa forma, você deve estar atento aos relatórios de demanda e oferta para comprar com mais exatidão, evitando perdas de valores  estoque parado.

 

10. Tenha um processo de diminuição de perdas

Para entender como fazer controle de estoque, é necessário entender que as perdas de produtos são situações recorrentes, mas que podem ser evitadas (e devem).

Nesse caso, tomando algumas precauções você pode ter uma diminuição de perdas, como:

  • Acompanhar o volume de compras;
  • Criar indicadores de controle de resultado;
  • Cuidar a data de validade dos produtos;
  • Fazer um inventário de estoque
  • Receber as mercadorias com cuidado;
  • Ter regras determinadas de gestão de estoque;
  • Utilizar um sistema de gestão integrada.

Seguindo essas ações você já tem um planejamento de diminuição de perdas. Caso queira adicionar outras atividades, não tem problema, desde que se encaixe com a proposta.

Quais as vantagens de usar um sistema para controle de estoque?

Além da organização e otimização de tempo, um sistema de controle de estoque oferece outros benefícios para o restaurante, sendo mais eficiente do que um planilha ou aplicativo.

Os procedimentos estarão centralizados e padronizados, sendo. Além disso, seus funcionários terão fácil acesso ao sistema.

Também, é importante salientar que um software de controle de estoque reduz a margem de erros em 80%. Prejuízos serão evitados!

Sendo assim, com a Saipos - Sistema para Restaurantes o gestor saberá com exatidão as mercadorias armazenadas que mais saem, as que mais demoram e a regularidade de reposição.

Conheça algumas funcionalidades:

  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Monitor KDS;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Parece bom, não é? Então aperte no banner e agende uma demonstração com um de nossos consultores e surpreenda-se com o sistema mais simples, ágil e inteligente do mercado!