Giro de estoque: saiba o que é, como calcular e como gerenciar no seu restaurante

O que é giro de estoque?

O giro de estoque é um indicativo utilizado para entender o número de vezes que o estoque do restaurante precisou ser completamente renovado em um certo período de tempo. Inclusive, com ele, o controle de estoque é mais eficaz. 

Existem vários detalhes que indicam a importância desse dado. Com ele, é possível entender se a gestão de compras do restaurante está ocorrendo da maneira correta. 

Além disso, ele também permite entender o desempenho de certos ingredientes. Isso porque esse cálculo indica quanto tempo cada produto ficou no estoque e quanto tempo levou para renová-lo

Muitos empreendedores ainda não sabem analisar o giro de estoque, sem saber qual é o valor ideal

Dentro do período determinado, é necessário que o estoque seja renovado pelo menos uma vez. Isso indica que nenhum produto ficou guardado sem ser vendido. Dessa forma, quanto maior a rotatividade, melhor.

Porém, como calcular esse valor? Foi pensando em responder essa questão que preparamos esse artigo. Além disso, também traremos dicas de como gerenciar o sistema de rotatividade de estoque no seu restaurante.

No entanto, antes de começarmos, baixe nossa planilha gratuita de Controle de Estoque!

Para acessá-la, basta apertar no banner abaixo!

BAIXE A PLANILHA DE CONTROLE DE ESTOQUE
BAIXE A PLANILHA DE CONTROLE DE ESTOQUE
Tenha controle sobre seus produtos de forma automatizada e saiba fazer o gerenciamento de compras e fornecedores.
BAIXE AGORA

Como calcular o giro de estoque?

É muito simples calcular o giro de estoque, basta seguir alguns passos, que vamos apresentar agora. Confira:

  • Determine o período para realizar o cálculo;
  • Encontre o valor total de vendas;
  • Descubra o valor médio do estoque;
  • Aplique a fórmula.

1. Determine o período para realizar o cálculo

 O primeiro passo para calcular o sistema de rotatividade de estoque é determinar o período de tempo em que os dados serão analisados. 

Normalmente o intervalo utilizado é de um ano. 

2. Encontre o valor total de vendas

Depois de determinar o período, encontra o valor total de vendas realizadas nesse mesmo tempo. Para o nosso exemplo, utilizaremos o montante de R$37.500. 

É importante destacar que esse valor deve ser a preço de custo.

3. Descubra o valor médio do estoque

Feito esses dois primeiros passos, é hora de descobrir qual o valor médio do estoque, nesse período de tempo.

Para isso, basta somar o valor inicial ao valor final do estoque e dividir por 2. Veja o exemplo:

Estoque inicial: Estimado em R$5.000

Estoque final: Estimado em R$20.000

Valor médio de estoque = Estoque inicial + Estoque final / 2

Valor médio de estoque = 5.000 + 20.000 / 2

Valor médio de estoque = R$12.500

4. Aplique a fórmula

Agora que você já possui todos os dados necessários, é hora de aplicá-los na seguinte fórmula:

Giro de estoque =  Valor total das vendas realizadas / Valor médio de estoque

Giro de estoque =  37.500 / 12.500

Giro de estoque = 3

No nosso exemplo, o inventário rotativo de estoque teve o valor de 3. Mas o que isso significa?

Significa que, durante o ano, o estoque precisou ser renovado três vezes. É um bom valor, pois indica que nenhum produto passou o ano inteiro guardado, sem ser vendido.

Caso esse cálculo tivesse dado um resultado abaixo de 1, seria um índice preocupante. Afinal, o seu restaurante teria investido na compra de um insumo que não deu retorno nenhum, já que não foi vendido.

Como calcular o período médio de armazenamento?

O período médio de armazenamento é o tempo que o estoque leva para ser renovado. Para calculá-lo, basta dividir o período de tempo analisado pelo valor do giro do estoque

No nosso exemplo, a conta seria simples: 12 meses (1 ano) dividido por 3. Isso indica que a cada 4 meses o inventário foi renovado.

Pensando em um restaurante que tenha o giro de rotatividade superior a 12, o período médio de armazenamento seria inferior a um mês.

A importância de ter um giro de estoque alto

Ter um inventário de estoque rotativo alto é muito importante para a saúde financeira do restaurante. No entanto, destacamos que é importante que o planejamento e controle de estoque também sejam feitos da maneira correta.

Isso porque quanto maior o giro, mais vezes o estoque é reposto. Dessa forma, aumenta também o trabalho. Caso o cálculo da quantidade necessária seja feito da maneira errada, pode acabar faltando matéria prima para o restaurante.

Contudo, contando que o planejamento esteja em dia, os benefícios são diversos. A lucratividade do estabelecimento aumenta, por exemplo. Afinal, se o giro de estoque está alto, quer dizer que a venda de pratos também está.

Dessa forma, mais dinheiro está entrando no seu negócio. E não para por aí. O controle de desperdício de alimentos fica mais fácil de ser realizado. 

Além de utilizar todos os ingredientes presentes no inventário, as chances dos insumos estragarem diminui, por ficarem menos tempo no estoque. 

Os riscos de ter um giro de estoque baixo

Da mesma forma que há benefícios em ter um inventário de estoque rotativo alto, existem os riscos em um giro de estoque baixo.

Por ser um indicativo que os produtos estão ficando guardados por mais tempo do que o necessário, é fácil deduzir que as chances de passarem da data de validade é maior

Dessa forma, além de apresentar um risco em relação a vigilância sanitária, ainda mostra que o dinheiro investido em tal insumo foi desperdiçado

Além disso, um giro baixo indica que as vendas não estão indo tão bem, já que o ideal é rodar o estoque diversas vezes no ano.

No entanto, caso seu giro de estoque esteja baixo, não precisa se desesperar. Existem algumas técnicas para escapar disso.

Basta você identificar quais produtos estão ficando próximos da data de vencimento. A partir disso, é possível realizar promoções e descontos nos pratos que levam tal ingrediente. Certamente isso aumentará a rotatividade do inventário. 

4 dicas de como gerenciar o estoque da maneira correta

Gerenciar o estoque é uma tarefa muito importante quando se tem como objetivo manter o giro de estoque alto. Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem te ajudar a controlar o inventário da maneira correta, confira:

  • Divida o estoque em categorias;
  • Fique atento as datas especiais;
  • Tenha bons fornecedores;
  • Automatize o seu controle de estoque.

1. Divida o estoque em categorias

A primeira dica é dividir o almoxarifado do restaurante em três categorias, sendo elas A, B e C. 

Os itens de mais importância devem ir ao grupo A, os de média importância ao B e os de menor importância no C.

Mas como saber qual a relevância de cada insumo? Para responder essa pergunta, montamos uma tabela explicativa, confira:

Categoria

Ingrediente

Ingredientes muito importantes

Na categoria A, vão os ingredientes mais importantes para o restaurante. Ou seja, aqueles ingredientes que representam aproximadamente 80% do faturamento do negócio. Dessa forma, são os insumos que nunca podem faltar. 

Ingredientes importantes

Na categoria B, estão os ingredientes que não são prioridade, mas ainda precisam de atenção. Eles representam aproximadamente 15% do faturamento do restaurante. 

Ingredientes pouco importantes

Na categoria C, devem ficar os ingredientes que não são tão importantes, com baixa demanda. São os que representam no máximo 5% do faturamento. 

Ao fazer essa separação, você consegue melhorar a sua estratégia de vendas, aumentando, consequentemente, o giro de estoque.

2. Fique atento as datas especiais

Nossa segunda dica tem relação com a primeira. Existem alguns eventos sazonais no ano que podem alterar a importância de alguns ingredientes para o faturamento do restaurante. 

Alguns exemplos são a Páscoa, o natal e datas comemorativas, como dia das mães, dia dos namorados e afins. 

Nesses momentos, é necessário avaliar quais produtos podem trocar de categoria dentro do estoque, para que o impacto no faturamento seja positivo

3. Tenha bons fornecedores

A terceira dica é ter bons fornecedores para o restaurante.

Com fornecedores de qualidade, os produtos que o estabelecimento receberá serão de alto nível. Dessa forma, as chances do ingrediente estragar se ficar um tempo maior do que o esperado no estoque diminuem.

4. Automatize o seu controle de estoque

Embora ainda existam empreendedores que preferem realizar o controle de estoque manual, nossa quarta dica é automatizar essa tarefa.

Com um sistema de gestão de qualidade, é muito mais fácil acompanhar como estão os produtos do estoque. Afinal, os registros, cálculos e relatórios serão realizados pelo software

Dessa forma, além dos resultados serem mais precisos, com menos chance de erros humanos, ainda é possível poupar o tempo que seria gasto, caso o controle fosse feito manualmente. 

Porque devo realizar o acompanhamento do meu estoque?

Realizar o acompanhamento do estoque vai muito além de apenas aumentar o giro de estoque.

Ao acompanhar os relatórios, é possível saber quais produtos vendem mais e quais vendem menos. A partir daí, se consegue realizar promoções para aumentar o lucro. 

Com esse acompanhamento, também há como planejar melhor a compra dos produtos, investindo o dinheiro de maneira mais consciente. Além disso, o número de desperdícios do restaurante também diminui.      

Automatize seu restaurante com o sistema de gestão da Saipos

Durante o texto, destacamos a importância de um sistema automatizado para o giro de estoque.

No entanto, com o sistema de gestão da Saipos, o seu restaurante será ainda mais eficaz. Isso porque o nosso software cuida de diversas áreas administrativas do negócio, diminuindo erros, além de otimizar o processo.

Com ele, é possível gerar relatório precisos, que te economizarão tempo no momento de gerir o restaurante. Incrível, não é? Pois então confira mais alguns benefícios do melhor sistema de gestão para restaurante do Brasil:

  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Possibilidade de vender por meio do Site Delivery, o site próprio com pedido online e sem taxas;
  • Monitor KDS;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado.

Para acessá-lo, basta clicar no botão abaixo!

Sistema para Restaurante Saipos
Sistema para Restaurante Saipos
Faça gestão de todos os setores do seu restaurante com apenas um clique. Não perca tempo, nem dinheiro.
QUERO SABER MAIS
Daniel Pires Junqueira  - Redator SEO do time de conteúdo da Saipos
Escrito porDaniel Pires Junqueira

Redator SEO do time de conteúdo da Saipos

Contrate o controle de estoque automatizado da Saipos!