Como recuperar a senha da nota fiscal paulista: confira o passo a passo

Como recuperar a senha da nota fiscal paulista?

Para recuperar a sua senha da sua nota fiscal paulista, você deve entrar no seguinte site da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Após isso, clique na opção "Consumidor" e então digite o seu CPF no lugar destinado. Depois, clique em "Esqueci minha senha".

Com isso feito, irão aparecer três opções de recuperação, que são:

  • Envio de frase por e-mail para lembrar a senha;
  • Envio de endereço por e-mail de página para cadastramento de nova senha;
  • Realizar novo cadastro de senha.

Em cada uma das opções é feito um procedimento diferente.

Então, escolha aquele que melhor se encaixa coma sua necessidade. Veja ao certo como cada um funciona:

  • Envio de frase por e-mail para lembrar a senha: ao selecionar essa opção, a senha já cadastrada será enviada para seu e-mail. Mas é importante saber o e-mail cadastrado, pois a senha será enviada para o endereço já cadastrado.
  • Envio de endereço por e-mail de página para cadastramento de nova senha: nesta opção, será enviado ao seu e-mail cadastrado um link. E é nessa página que você poderá cadastrar uma nova senha.
  • Realizar novo cadastro de senha: é legal escolher esta opção se você precisar realizar um novo cadastro. Com isso, a senha válida deverá ser gerada no Posto Fiscal, da Secretaria da Fazenda.

O que é a Nota Fiscal Paulista?

A nota fiscal paulista é um programa criado para que os consumidores estimulem os estabelecimentos comerciais a emitirem o documento fiscal.

Semelhante à NF-e, este projeto prevê a devolução de até 30% do ICMS recolhido pelo estabelecimento comercial a seus clientes.

Então, basta que o cliente, ao fazer o pagamento da mercadoria no caixa, informe o seu CPF ou o seu CNPJ e peça a emissão do documento fiscal.

Dessa maneira, esse processo pode ser feito em todas as compras que o consumidor realizar.

E quais são os benefícios?

A Secretaria da Fazenda e Planejamento, depois de um cálculo de créditos, que é realizado mensalmente, repassará ao consumidor o seu crédito.

Além disso, esse crédito tem até cinco anos.

Portanto, o valor poderá ser utilizado para pagamento do IPVA ou o governo poderá transferir para conta corrente ou poupança.

Como resgatar Nota Fiscal Paulista?

Para realizar o resgate da nota fiscal paulista, basta que você siga os seguintes passos:

  1. Acesse o site da Nota Fiscal Paulista;
  2. Ao acessar, informe seu CPF ou CNPJ e consulte. Aparecerá o valor que deve ser resgatado;
  3. Selecione o perfil em que está enquadrado;
  4. Informe de novo o número do seu CPF ou CNPJ, depois insira a senha cadastrada;
  5. Após isso, clique na opção "Utilizar Créditos";
  6. Você poderá optar por transferir o dinheiro para sua conta corrente ou poupança;
  7. Ou reservar o seu crédito para reduzir do valor do IPVA, mas essa opção só é liberada em outubro.

Atenção: tanto a poupança quanto a conta corrente devem estar no nome da pessoa cadastrada no programa.

Sendo assim, para os cadastrados na nota fiscal paulista como pessoa física, poderão resgatar valores que sejam superiores a R$ 25,00.

Então, as pessoas jurídicas poderão resgatar valores superiores ou iguais a R$ 25,00.

Após a escolha de resgate, o dinheiro estará disponível na conta informada pelo consumidor a partir da quarta-feira da semana seguinte.

Dessa forma, o valor fica disponível para resgate dos consumidores por até cinco anos e pode ser usado dentro desse período.

Impedimento

É importante saber que se o consumidor estiver em pendência com o Estado, em relação a IPVA e ICMS, estão proibidos de resgatar o valor até a regularização.

Portanto, siga os passos e escolha a melhor opção para recuperar sua senha da nota fiscal paulista.