Descubra como fazer um plano de negócios para restaurante!

Mariana Moraes - Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.
Escrito porMariana Moraes

Jornalista formada pela Unisinos, roteirista e especialista na elaboração de materiais ricos.

Como fazer um plano de negócio para restaurante?

Uma plano de negócio para restaurante é fundamental e insubstituível a curto, médio e longo prazo. Não importa o tamanho do seu projeto, só ele pode ajudar a mensurar resultados e obstáculos ao longo do caminho.

Muitos donos de restaurante encontram muita dificuldade na hora de criar um planejamento sólido e assertivo, e, inclusive, acabam deixando essa etapa de lado, e partindo para o improviso.

Acontece que, fazer isso pode causar uma série de problemas que poderiam facilmente ser resolvidos com um plano de negócios em mãos.

A Saipos entende a relevância dessa etapa, e por isso, criamos um artigo com todos as dicas de como abrir um restaurante a partir de um plano de negócios.

Mas antes de continuar lendo , aperte no banner e baixe grátis a nossa Planilha de Controle Vendas!

O que considerar em um plano e negócio para restaurante?

Existem diversos modelos para um plano de negócio para restaurante ser feito. No entanto, é necessário escolher um que seja de acordo com o modelo da sua empresa.

Por mais que pareça fácil, essa atividade envolve bastante pesquisa e estudo. Muitos optam por estruturas mais simples, como o modelo Canvas, um velho conhecido da administração.

Basicamente, o Canvas trabalha com 9 estruturas, que são: 

  • Proposta de valor;
  • Segmento de clientes;
  • Canais;
  • Relacionamento com os clientes;
  • Atividade-chave;
  • Recursos principais;
  • Parcerias principais;
  • Fontes de receita;
  • Estrutura de custos.

As ideias representadas nos nove blocos formam o conceito do seu negócio, como ele vai gerar valor ao mercado.

Quando o empresário consegue enxergar as 9 áreas citadas acima, é possível identificar as forças e os defeitos do restaurante, que fazem parte da Análise Swot.

Ela ocorre após a proposta de negócio estar formalizada, sabendo quem faz parte da concorrência. Então, é a hora de cruzar os dados já recolhidos e analisá-los em:

  • Forças;
  • Fraquezas;
  • Oportunidades;
  • Ameaças.

A partir destes dados, as mudanças podem ser feitas, todas, com respaldo em estatísticas práticas. Já falamos várias vezes aqui, mas sempre é bom reforçar: a organização financeira e administrativa de um restaurante é imprescindível para ser bem sucedido na área. 

Do que adianta você ter um cardápio maravilhoso, com ótimos pratos e uma boa clientela, se não consegue fechar o mês com as contas positivas? 

É por isso que nós vamos te ensinar a como construir um plano de negócio para restaurante, focado no segmento alimentício. 

O que é um plano de negócios?

Em síntese, é um mapa que orienta os empresários na administração do seu negócio. Como um estudo que traça todo o surgimento da empresa, quais foram os pontos fortes e fracos, como está a concorrência.

Por fim, ele busca encontrar a melhor estratégia, com o objetivo de aumentar a efetividade e a lucratividade. Além do mais, tudo que diz respeito ao seu negócio estará nele, desde detalhes da gestão para restaurantes, até quais equipamentos para restaurantes deve adquirir.

Qual a função de um plano de negócios?

Ter um plano de negócios é regra tanto para quem está começando um novo empreendimento ou para quem já está consolidado no mercado. 

Isso porque ele ajuda a aperfeiçoar qual é o caminho e as decisões que devem ser tomadas para a prosperidade da empresa. 

Sendo assim, por muitas vezes, o empreendedor não sabe qual rumo tomar com o seu negócio. Também fica na dúvida se investe em publicidade, se qualifica os funcionários ou se inova no cardápio. 

Portanto, ter um planejamento com o plano de negócios vai muito além de uma simples organização financeira. E, para ter ainda mais sucesso nisso, abaixo nós separamos algumas dicas para trabalhar com uma plano eficiente. Confira! 

1. Planejamento financeiro

Ninguém começa um negócio para dar prejuízos. Portanto, é mais que necessário que todas as mudanças sejam para promover mais lucros para o restaurante.

Ter um planejamento financeiro para restaurante estipulado vai construir uma organização melhor do seu restaurante. 

O ideal é sempre acompanhar todos os gastos e receitas com planilhas, comparando os dados mês após mês.

2. Tenha sempre um capital de giro

Para poder ter um bom plano de negócio para restaurante, é imprescindível que uma parte do lucro seja reservada para o capital de giro do negócio. 

É ele quem vai garantir o funcionamento do local, servindo como subsídio para todas as contas e despesas fixas, como:

  • Aluguel;
  • Água;
  • Luz;
  • Funcionários;
  • Insumos;
  • Impostos.

3. Payback

O Payback é uma outra sábia estratégia para um plano de negócios. Geralmente, é um dado ignorado pelos empresários. Porém, quando usado de forma correta, dá toda diferença. 

A taxa é calculada pelo fluxo de caixa da empresa e resulta em quanto tempo o investimento feito inicialmente, terá retorno.

4. Análise dos concorrentes

Independentemente do tipo de restaurante que você deseja abrir, procure sempre estudar todo o modo de ação dos seus concorrentes. 

Em qual local eles se encontram? Quais são os serviços oferecidos? Qual a composição do cardápio? Em que tipo de público eles investem? 

Busque todos os detalhes e coloque no plano de negócio para restaurante. Assim, você vai conseguir competir com a concorrência e, até, inovar em algumas áreas.

5. Análise de fornecedores

Ter produtos de qualidade com o menor preço possível, significa muito para um restaurante, afinal, diminuindo os custos, mais lucros sobram. 

Portanto, para ter boas propostas, é necessário pesquisar. Pesquisar muito! 

Experimente montar seu restaurante com embasamento em planilhas de orçamento de vários fornecedores e visualize de uma forma mais clara os valores cobrados por cada um. Mas, lembre-se! O barato, também pode sair caro! 

Opte, sempre, pela melhor qualidade dos produtos. São eles que vão conduzir e dar a qualidade que o seu restaurante deseja.

Além disso, existem outras atitudes necessárias para tornar o seu restaurante muito mais eficiente. Aperte no banner e baixe grátis as melhores dicas!

6. Análise operacional 

Planejar a operação de um restaurante é outro fator fundamental para que o plano de negócios esteja completo. O empreendedor deve prever dados básicos como: 

  • Horário de funcionamento;
  • Forma de atendimento;
  • Plataformas de venda;
  • Capacidade produtiva diária;
  • Rotinas administrativas;
  • Quantidade de membros na equipe.

Ao comandar uma empresa, especialmente um restaurante, os donos e gerentes devem estar fixos no planejamento. Não há tempo hábil e nem dinheiro para invenções. 

Caso seu restaurante seja para abrir somente à noite, não há necessidade de fazer “testes” ao meio dia. 

É preciso que a rotina de trabalho seja adaptada às demandas dos consumidores. Por isso, escolher aplicativos tradicionais para vendas online é fundamental.

Estabeleça um projeto institucional para seu plano de negócios

Com o plano de negócio para restaurante na mão, você deve investir nos valores da sua marca. Construir a imagem e aquilo que você quer transmitir aos consumidores.

Ultimamente, a opinião dos clientes é majoritária para o sucesso de qualquer empresa, ainda, mais, no ramo alimentício. 

Estabeleça três principais pilares: missão, valores, visão.

 

 

Missão

A missão de um restaurante representa quais são os benefícios que serão levados ao público-alvo.

Define, também, o que difere o seu restaurante da concorrência. Há algum tipo de missão especial?

Normalmente, os planos institucionais estão emoldurados nas paredes dos restaurantes, por isso, escolha frase curtas e objetivas para descrever.

Valores

Caso sua empresa fosse uma pessoa, quais tipos de valores ela defenderia para ser conhecida, lembrada e admirada?

Dessa forma, são essas as perguntas que devem ser feitas para este momento

Os valores das empresas significam muito na hora do consumidor escolher o que comprar. 

Visão

A visão vai estabelecer o planejamento a curto e longo prazo do restaurante.

Vai demonstrar, o que os donos do estabelecimento esperam para os próximos anos. Crescimento, expansão, lucratividade? Tudo isso deve estar descrito na visão.

 

Conheça o melhor sistema para usar no seu restaurante

Uma questão fundamental para inserir já no início do seu planejamento, é o uso de um sistema para restaurantes, e a melhor opção é contar com um Sistema para Restaurante como o da SAIPOS.

Com ele, você tem automatizações em todas as etapas dos processos, e visualiza os resultados com clareza, através de relatórios que abrangem diversos dados.

Veja alguns dos benefícios do Sistema Saipos:

  • Controle financeiro a partir da ficha técnica;
  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes através de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para DeliveryBalcãoMesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Um sistema de gestão para seu restaurante com certeza terá um papel fundamental para o crescimento do negócio.

Por isso, não perca tempo e descubra mais vantagens de utilizar o sistema com melhor custo benefício do mercado. Aperte no banner e saiba mais!