ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

Marketing para lanchonetes: confira as melhores dicas e estratégias

Liandra Cordeiro - Jornalista pela UEPG, especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing, redatora SEO.
Escrito porLiandra Cordeiro

Jornalista pela UEPG, especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing, redatora SEO.

Saiba como fazer o marketing de uma lanchonete e aumentar suas vendas 

Para fazer um bom marketing para lanchonetes você precisa conhecer muito bem o seu público para entender o que ele está procurando. 

A partir disso, é possível explorar seus pontos fortes, mídias sociais, marketing offline e também ações promocionais. Quer saber como? Continue a leitura!  

Quando falamos sobre negócios da área da alimentação, a divulgação é tão importante quanto a qualidade dos produtos e atendimento.

A concorrência é grande e você precisa, constantemente, convencer novas pessoas de que o seu estabelecimento é a melhor escolha. 

O marketing de uma empresa tem várias outras preocupações além da divulgação. O ponto de venda, a satisfação e relacionamento com clientes, as ações promocionais, a precificação dos produtos e o posicionamento de mercado do negócio também são focos dessa área de trabalho. 

A seguir listamos algumas dicas que podem orientar um plano de marketing para lanchonetes. São elas:

  • Conheça seu público;
  • Conheça seus pontos fortes; 
  • Adote um estilo;
  • Marketing digital para lanchonetes;
  • Faça parcerias com influencers;
  • Adote uma rotina de postagem; 
  • Invista em tráfego pago; 
  • Marketing para lanchonetes em mídias offline.

As dicas são úteis tanto para quem está começando, como para quem já está na ativa e quer melhorar sua divulgação e aumentar as vendas. 

Aproveite para conferir também nosso e-book com 5 Dicas para Divulgar seu Restaurante e Aumentar suas Vendas. Clique no banner abaixo e faça o download gratuito!

1. Conheça seu público 

Conhecer o seu público pode ser o seu ponto de partida para definir as suas estratégias de marketing. Para entender quem é seu público, busque responder às seguintes perguntas: 

  • Qual tipo de cliente você quer atrair? 
  • Quais as características desse cliente: renda, idade, gênero, estilo de vida, estilo de consumo.
  • O que esse cliente espera encontrar numa lanchonete? 
  • Por qual meio de divulgação ele costuma se informar? 
  • Ele vem à lanchonete por que gosta ou por que mora, trabalha ou estuda perto? 

O objetivo é você entender quem de fato são os seus principais clientes, para poder criar seu plano de marketing para lanchonete a partir dessa informação. 

A partir de cada resposta é possível se orientar um pouco. Se você tem um público mais jovem, sua comunicação não pode ser muito formal.

Se o seu público é composto por pessoas que trabalham próximo à lanchonete, pode ser interessante investir em ações de happy hour ou café da manhã, por exemplo.

Ou, ainda, se seus clientes são famílias com filhos, pode ser bacana investir em opções para crianças no cardápio, ou combos de lanches para família

Assim, conhecer o seu público é o primeiro passo para começar a entender que tipo de estratégias de marketing você deve adotar para chamar a atenção dos seus consumidores, e até realizar mudanças visando agradá-los ainda mais. 

2. Conheça seus pontos fortes 

Você saberia listar, ao menos, 3 pontos fortes do seu negócio? Muitas vezes, na correria do dia a dia da administração da lanchonete, acabamos por não nos atentar sobre aquilo que estamos fazendo e chamando a atenção dos clientes.

Por isso, é importante fazer o esforço de descobrir quais são seus pontos fortes para explorá-los com mais objetividade. Se você tiver dificuldades para identificar, pergunte aos seus consumidores. 

Seus pontos fortes podem ser: 

  • Algum ou alguns itens do cardápio;
  • Qualidade no atendimento;
  • Agilidade;
  • Simpatia;
  • Ambiente agradável para passar o tempo;
  • Proximidade / facilidade de acesso;
  • Estacionamento próprio.

Essas são apenas algumas possibilidades. Caso deseje perguntar ao seu público, você pode criar a famosa caixinha de sugestões, com um mini questionário.

Depois de descobrir seus pontos fortes, você pode reforçá-los na sua comunicação e atitudes. 

Se os seus principais clientes voltam ao seu estabelecimento por causa de uma ou duas questões, então outras pessoas também podem se interessar. 

Caso uma de suas qualidades for o ambiente agradável, então você pode postar mais fotos nas redes sociais, mostrar melhor o lugar para outras pessoas e falar sobre isso nas suas comunicação. 

Agora, se a proximidade com o trabalho de seus consumidores é um ponto forte, então, você pode fazer promoções de fidelidade, por exemplo. Nessa opção, o consumidor ganha algo após completar algumas idas ao seu estabelecimento. 

3. Adote um estilo

Adotar um estilo é assumir que tipo de negócio e de estabelecimento você quer ser para o seu público. Como você quer ser conhecido! 

Você não precisa fazer parte das “modinhas”, mas se quiser, também pode, é claro. Mas, conhecendo os seus clientes e os seus pontos fortes, qual tipo de valores e qualidade você quer reforçar? Tente responder essa pergunta. 

Você pode perceber que precisa ter um aspecto mais jovial, por exemplo, e pode fazer mudanças no cardápio, na estrutura e na comunicação nesse sentido. 

Ou então, você descubra que as pessoas usam seu espaço para reuniões de trabalho e seus esforços podem focar em wi-fi de qualidade, cardápio para almoço e música ambiente.

Ainda, existem lanchonetes que estão “no caminho” das pessoas e se este for o seu caso, que tal pensar em drive-thru? Ou então, treinar seus funcionários para um atendimento ainda mais ágil?

Perceba que adotar um estilo não é apenas sobre ser temático, mas é levar em consideração aquilo que funciona para o seu negócio e se diferenciar por isso.

É claro que a divulgação e o ambiente são importantes, mas se você tiver isso, mas não contar com um diferencial, pode ser que você não se destaque. E claro, não se esqueça de oferecer uma comida deliciosa e um ótimo atendimento. 

4. Marketing digital para lanchonetes

O marketing digital deixou de ser necessário para se tornar crucial! Você não pode pensar em abrir ou manter o seu negócio sem ter o apoio das redes sociais. 

Afinal, é por meio delas que você e seus clientes se informam sobre muitas coisas, não é mesmo?

Portanto, se a sua lanchonete não está ativa nas redes sociais é hora de começar a resolver essa questão. Veja algumas ações:

Google Meu Negócio

Acesse o Google Meu Negócio e cadastre a sua empresa, caso ela ainda não esteja. Dessa forma, você vai melhorar a sua visualização caso alguém pesquise pela sua empresa na internet, além de permitir que ela apareça no Google Maps. 

Instagram 

Coloque a sua lanchonete no Instagram, criando uma conta específica para ela. Algumas pessoas utilizam a própria conta pessoal e este pode ser um caminho para aproveitar os seguidores, mas se fizer isso, altere o perfil e o nome de usuário. Poste fotos do ambiente, do cardápio, dos pratos, promoções. Capriche na qualidade e poste todos os dias, ao menos uma vez. 

Facebook 

O uso do Facebook está diminuindo, mas é recomendável utilizá-lo também. Para facilitar, você pode postar o mesmo conteúdo do Instagram. 

Youtube / Tik Tok / Twitter

Essas são outras redes sociais que podem ser interessantes, dependendo do seu público e disposição para produzir conteúdo. Para quem está começando, a dica é se concentrar em apenas uma ou duas redes e ir expandindo aos poucos, caso enxergue necessidade. 

Para cadastrar o seu negócio no Google, você pode conferir no nosso e-book gratuito. Clique no banner e faça o download agora mesmo! 

O que postar nas redes sociais de lanchonete? 

Existe uma infinidade de conteúdos e ideias inovadoras que você pode fazer para a sua lanchonete nas redes sociais. A escolha dependerá do seu público e da sua abordagem de comunicação. 

O que você pode fazer é criar uma lista de ideias de posts e sempre que pensar em algo, anotar.

Lembre-se que no Instagram existem três formatos de postagem: stories, feed e reels. Nos Stories e no Feed você pode postar fotos e vídeos e o Reels tem seu formato em vídeo.

No feed você não precisa postar todos os dias, mas nos stories é bem importante. Então, você pode começar com duas postagens no feed por semana e pensar em stories todos os dias, sempre variando o tema. 

Para facilitar, veja a lista abaixo de ideias de posts para redes sociais e marketing para lanchonetes. Escolha conforme a sua realidade: 

  • Fotos e vídeos de seus pratos/lanches; 
  • Fotos e vídeos dos seus pratos e lanches com acompanhamento sugerido;
  • Vídeo-tour pela lanchonete; 
  • Vídeo mostrando a lanchonete lotada;
  • Fotos do local em vários ângulos; 
  • Fotos e selfies de clientes (peça autorização);
  • Repostar fotos e selfies de clientes (stories); 
  • Fotos e vídeos da preparação de pratos;
  • Fotos de mesa posta com alguns pedidos;
  • Fotos de sucos e bebidas; 
  • Enquete para o cliente escolher qual prato ele mais gosta;
  • Promoção do dia/semana/mês;
  • Detalhes dos ingredientes; 
  • Dica de combinação (lanche e bebida, lanche e acompanhamento);
  • Depoimento de clientes; 
  • Faça caixinha de perguntas de curiosidades da lanchonete;
  • Conte a história e curiosidades da lanchonete.

A dica final é sempre buscar humanizar suas redes sociais. Mostre fotos de pessoas, dos seus colaboradores, clientes, enfim. Lembre-se que a rede social é feita para criar um relacionamento. 

5. Faça parcerias com influencers

Uma outra dica é fazer parcerias com influencers da sua cidade para que eles divulguem sua lanchonete. 

Você pode buscar influenciadores que já são focados em fazer publicidade de gastronomia. Também pode ser interessante apostar em influenciadores que têm relação com o seu público.

Por exemplo: digamos seus consumidores são, na maioria deles, universitários. Então, você pode procurar um influenciador com este perfil para divulgar a sua lanchonete

Entre em contato de forma educada solicitando como funciona a parceria, valores e condições. 

Saiba que alguns cobram para divulgar, outros aceitam permutas. Não ofereça permuta em troca de todo o pagamento, tente negociar. Essa é a forma mais adequada de conseguir boas parcerias. 

Uma vez fechada a parceria com o influencer, receba-o com muita qualidade e atenção. E depois, quando ele fizer a sua divulgação, reposte nas suas redes sociais e dê a devida atenção a todos os seguidores e clientes que chegarem a partir desta ação. 

6. Adote uma rotina de postagem 

Tão importante quanto a qualidade do seu conteúdo no marketing digital para lanchonetes, é a consistência. 

Pode parecer exagero, mas postar todos os dias é muito importante para garantir que seu público sempre se lembre de você na hora de escolher um lugar para comer. 

A dica para ter uma rotina de postagem diária é que você defina uma pessoa e um horário para fazer e agendar as publicações. 

Essa pessoa pode pensar de maneira semanal e ir agendando as publicações aos poucos, nesse horário específico para isso. 

E nesse horário ela também vai produzir material para os stories ou postar alguma coisa que ela já produziu. Por exemplo: digamos que você adotou uma hora por dia para o marketing digital. Você pode seguir a agenda a seguir:

Dia 01

Dia 02

Dia 03

Pensar e escrever 2 posts para feed

Fazer as artes (se necessário) ou tratamento das fotos e vídeos dos posts para feed

Tirar algumas fotos ou vídeos para os stories

Tirar algumas fotos ou vídeos para os stories;

Agendar esses dois posts

Agendar a postagem dos stories para o dia; 

Agendar a postagem dos stories para o dia

Tirar algumas fotos ou vídeos para os stories

Fazer algum vídeo ou foto diferente para utilizar em stories ou feed. 

 

Agendar a postagem dos stories para o dia

 

 

Depois do dia 3, é só voltar para o dia 01 novamente. Dessa forma, nunca faltará conteúdo e você se acostuma a ter consistência. 

Para ajudar você com as postagens, a Saipos preparou um arquivo fácil e prático de utilizar com 58 artes para redes sociais. Confira clicando no banner abaixo:

7. Invista em tráfego pago 

O tráfego pago é quando você paga para as redes sociais ou o Google mostrar o seu estabelecimento para um determinado público de seu interesse.

Algumas pessoas não fazem o tráfego pago, mas ele é bem importante para aumentar a visibilidade do seu negócio. 

Com as ferramentas atuais, é possível escolher exatamente o público que interessa a você, otimizando o seu orçamento.

Outro recurso muito interessante é o de aparecer para pessoas que estão nas proximidades da sua lanchonete. 

Então, se alguém estiver em algum lugar próximo, ela pode abrir as redes sociais, se deparar com o seu anúncio e escolher consumir no seu local. 

Dica: para este tipo de anúncio, aposte em uma foto bastante atrativa e destaque a localização. 

Mas, existem muitos outros formatos de anúncios online para lanchonetes e utilizar essa ferramenta pode dar um boom nas suas vendas. 

8. Marketing para lanchonetes em mídias offline

As mídias offline são a televisão, o rádio, anúncios em revistas, jornais, outdoors, panfletos e todo tipo de espaço de divulgação que não está conectado à internet.

Investir nessas mídias pode ser um suporte interessante para todo o seu plano de marketing para lanchonetes

A dica aqui é escolher conforme o público atingido. Se você tem um público jovem pode anunciar em rádios que tem esses ouvintes como foco. 

Agora, se o seu público é de executivos, pode ser interessante anunciar em uma rádio de notícias, por exemplo. 

Você pode fazer panfletos para distribuir em locais próximos da sua lanchonete e em pontos estratégicos que possam atingir consumidores em potencial.

Televisão costuma ser a mídia com o custo mais elevado, mas uma estratégia é comprar espaços publicitários em programas locais, por exemplo. Mas, só faça isso se o público do programa for de seu interesse. 

Administração e marketing: como se organizar? 

O marketing é parte importante da administração de lanchonetes. Por isso, é preciso que ele seja integrado à sua rotina, não apenas na questão de gestão de tempo, mas financeira também.

Investir em marketing é a certeza de que seu negócio estará sempre em alta, com novidades para apresentar ao público e sempre melhorando. 

Para que o marketing funcione, você também precisa que outros setores do seu negócio estejam organizados. 

Afinal, como você vai saber se a sua estratégia de marketing está dando certo se você não estiver acompanhando os números antes e depois dela?

E você também precisa estar preparado para receber um maior número de clientes e oferecer novos serviços e produtos, conforme a necessidade. 

Uma boa forma de organizar tudo isso é com um software de gestão para lanchonetes, como o que a Saipos oferece. 

Com apenas um sistema você consegue organizar diversos setores da sua empresa, como compras e estoque, delivery, financeiro e atendimento. Veja a seguir mais alguns benefícios:

  • Controle Financeiro;
  • Controle de Estoque (Ficha Técnica);
  • PDV;
  • Integração com os principais aplicativos delivery;
  • Site Delivery exclusivo para o seu estabelecimento;
  • Saipos Garçom, a comanda eletrônica para seu atendimento de mesa;
  • Relatórios com dados sobre o desempenho do seu negócio;  
  • Gestão de Garçons;
  • Gestão de entregadores.

Ficou interessado? Clique no banner abaixo para conhecer o Software de Gestão da Saipos e começar agora a organizar o seu negócio e fazer um marketing para lanchonetes ainda mais efetivo. 

Sistema para Lanchonete
Sistema para Lanchonete
Invista no seu negócio com o melhor software para restaurantes!
SAIBA MAIS SOBRE SISTEMA PARA LANCHONETE
Dicas de divulgação para aumentar suas vendas