ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

Mini bar: saiba todos os passos para abrir

Mini bar: saiba todos os passos para abrir

Os passos para abrir um mini bar são mais simples do que os de um bar convencional

Justamente por isso, muitos empreendedores de primeira viagem preferem esse formato, para só depois evoluir o tamanho do negócio.

Essa estratégia é muito válida, em especial se você conta com pouco dinheiro para investir inicialmente. 

Afinal, como o próprio nome diz, um mini bar consiste em um estabelecimento voltado para a venda e consumo de bebidas e comidas, em um espaço reduzido. Com isso, os valores das despesas também são menores. 

Apesar da pouca necessidade de investimento, existem muitos detalhes que devem ser levados em conta na criação de um mini bar. 

Um deles é o próprio tamanho do local. A menos que você queira um espaço somente para retirada de drinks, recomendamos que seu bar tenha em torno de 35 m², no mínimo.

Além disso, você deverá se preocupar em ter o mínimo de equipamentos adequados, funcionários, ingredientes e, se necessário, decorações. 

Outro ponto de extrema importância para organizar seu pequeno espaço e otimizar seus ganhos é o uso de ferramentas de controle financeiro

Uma dessas ferramentas é a Planilha de Fluxo de Caixa Diário, que permite que você tenha controle de todas as entradas e saídas de dinheiro, diariamente.

Clique no banner abaixo para fazer o download gratuito da nossa Planilha de Fluxo de Caixa Diário

BAIXE A PLANILHA DE FLUXO DE CAIXA DIÁRIO
BAIXE A PLANILHA DE FLUXO DE CAIXA DIÁRIO
Organize suas informações financeiras do seu restaurante de maneira simples e tenha controle do seu negócio.
BAIXAR AGORA

Mini bar: por onde começar?

Um bom mini bar deve começar com uma boa ideia. Por isso, recomendamos que antes de partir para a ação, você considere todos os detalhes que envolvem seu negócio e os estruture em uma espécie de plano de negócio

Alguns desses detalhes são: bebidas e comidas a serem servidas, formato de atendimento, como será o mobiliário do bar, horário de funcionamento,etc. 

Depois de ter esses detalhes registrados, é hora de pensar no modelo de bar e de atendimento que você quer seguir. Nesse campo, as possibilidades são diversas. 

Você pode optar somente pelo atendimento no balcão, atendimento na mesa ou atendimento por senha

Existem ainda os bares que disponibilizam torneiras de chopp para autoatendimento e, caso queira, esse pode ser um diferencial e tanto. 

Formatos definidos, vamos à burocracia. Existe uma série de documentos que você vai precisar para abrir um bar. Confira abaixo: 

  • Manual de Boas Práticas;
  • Registro na Junta Comercial do seu Estado; 
  • Procedimentos Operacionais Padronizados (POP’s);
  • Programa de Prevenção a Riscos Ambientais (PPRA (NR9);
  • Relatório de Inspeção de Segurança Ambiental e Riscos de Incêndio;
  • Alvará de funcionamento e Localização;
  • Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB);
  • Inscrição Estadual;
  • Certificado de Limpeza e Desinfecção dos Reservatórios de Água;
  • Certificado de Saúde e Inspeção Sanitária;
  • Relatório de Acompanhamento Técnico;
  • Registro de compra dos alimentos.

Existem também alguns documentos específicos para legalizar o comércio de bebidas alcoólicas em alguns estados. 

Por isso, além de se informar pela internet, vale buscar a prefeitura da sua cidade.

Quanto custa abrir um bar pequeno?

Com as questões burocráticas resolvidas,  você deve planejar seus gastos. 

Suas despesas principais serão com equipamentos, custos fixos de contas, compra de ingredientes e salários da equipe.

Então, considerando o básico, seu investimento inicial para abrir um mini bar deverá ser de R$ 5 mil.

Por outro lado, caso queira uma estrutura mais elaborada e com conforto para seus clientes e sua equipe, considere desembolsar ao menos R$ 20 mil. 

Tudo vai depender da estrutura que quer montar e quanto dinheiro tem disponível para cada artigo. Confira com mais detalhes no tópico abaixo. 

O que preciso para abrir um bar familiar?

Além do planejamento, documentação e investimento inicial, certamente seu pequeno bar vai precisar de bons equipamentos. 

Para te ajudar nessa missão, confira nas tabelas abaixo os valores estimados dos seus principais gastos em cada categoria:

Equipamentos de um mini bar

Computador

R$ 3 mil

Telefone

R$ 300

Impressora de cupom fiscal

R$ 270

Gaveteira para o caixa

R$ 150

Máquinas de cartão de crédito e débito

R$200

Mesas e cadeiras (conjunto com 4)

R$ 350

Prateleiras para bebidas

R$ 150

Freezer e geladeira

R$ 5 mil

Aparelho de som

R$ 400

TV/Telão

R$ 3 mil

Materiais de cozinha (pratos, talheres, copos, panelas, cinzeiros)

R$ 1 mil

Banco (unidade)

R$ 100

Fogão e uma chapa

R$ 1.500

Liquidificador

R$ 200

Fritadeiras

R$400

Micro-ondas

R$ 500

Custos fixos de um mini bar

Encargos e tributos

R$ 3 mil

Aluguel

R$ 1,5 mil

Contas (luz, água, telefone e internet)

R$ 400

Produtos (comidas e bebidas)

R$ 4 mil

Materiais de limpeza

R$ 350

Qual o lucro de um bar pequeno?

Os meses iniciais do seu bar aberto já conseguem te mostrar uma perspectiva de lucro

Com isso, considerando os custos que citamos acima e um movimento razoável de pessoas no seu bar, você pode ter um retorno inicial de R$ 3 a R$ 8 mil livres. 

Por outro lado, à medida em que você for entendendo melhor o ramo e conseguir otimizar seus gastos e ganhos,  o seu lucro pode aumentar cada vez mais. 

O que fazer para ter lucro em um bar?

Além dos ganhos com a venda de comidas e bebidas, confira alguns pontos que podem aumentar o lucro do seu bar:

  • Localização visível e atrativa; 
  • Ambiente descolado; 
  • Decoração criativa; 
  • Atividades extras como: karaokê, sinuca, jogos de cartas, transmissão de jogos de futebol e até video game; 
  • Promoções especiais para datas comemorativas ou de happy hour; 
  • Bom atendimento e boa gestão. 

Sobre esse último tópico, sua equipe toda deve estar alinhada para ser clara, simpática e objetiva com relação às perguntas e feedbacks dos clientes. 

Além disso, uma boa gestão de mini bar deve estar atrelada a um bom sistema de controle de estoque e gestão de pedidos, como o da Saipos.  

O que servir em um bar e restaurante? 

Tendo todos os outros pontos bem determinados, sua preocupação agora deve ser: o que servir no meu mini bar? 

Por isso, neste tópico vamos dar algumas dicas de drinks e até comidas, para quem quer ir além e desenvolver um bar e restaurante

Entre as bases de bebidas mais pedidas nos bares, temos: 

  • Cerveja ou Chopp (bebida mais consumida pelos brasileiros);
  • Cachaça (segunda bebida alcoólica mais consumida no Brasil);
  • Vodka (Brasil é o 10º maior consumidor de vodka do mundo);
  • Refrigerantes;
  • Energéticos;
  • Sucos;
  • Água.

Além das doses puras, vale se aventurar nos drinks. Com a vodka, por exemplo, você pode investir em coquetéis, caipivodka, entre outros. 

Já no ramo dos petiscos, vale trazer comidas de fácil preparo, baixo custo e alta aceitação em outros bares. Aqui vai uma lista de comidas de bar

  • Porção de frango a passarinho;
  • Picadinho de carne;
  • Iscas de peixe;
  • Calabresa frita e acebolada;
  • Batata frita;
  • Torresmo; 
  • Bolinho de bacalhau; 
  • Pastelzinho; 
  • Kibe;
  • Croquete;
  • Bolinho de carne seca.

Entre muitos outros que você considera que fazem sentido no seu mini bar! 

Invista em um bom Sistema de Restaurante 

Depois de todos os tópicos que citamos aqui, seu foco deverá ser tornar sua gestão mais fácil e otimizada. 

A melhor forma de fazer isso, é por meio de um bom sistema para controle de estoque e gestão de pedidos

Com a rotina corrida do seu mini bar, não existe mais a possibilidade de anotar tudo em papeizinhos. Para te ajudar com isso, você pode contar com o Sistema de Restaurante Saipos

Além do controle de estoque e gestão de pedidos, outras vantagens do sistema são:

  • Controle de comandas e cupons fiscais;
  • Gestão de clientes; 
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons; 
  • Gestão financeira;
  • Adaptabilidade para diferentes modelos de negócios (balcão, senha, mesas, etc).

Para aproveitar isso tudo e decolar seu mini bar, basta clicar no banner abaixo e conferir uma demonstração:

Sistema para Restaurante Saipos
Sistema para Restaurante Saipos
Faça gestão de todos os setores do seu restaurante com apenas um clique. Não perca tempo, nem dinheiro.
QUERO SABER MAIS
Carolina Morais - Jornalista, pós-graduanda em marketing pela ESPM, especialista em copywriting e apaixonada por todas as formas de comunicação.
Escrito porCarolina Morais

Jornalista, pós-graduanda em marketing pela ESPM, especialista em copywriting e apaixonada por todas as formas de comunicação.

Sistema para Bar!