GMV: como calcular?

O que é GMV?

Saber como calcular o GMV é muito importante para a gestão financeira de um restaurante.

Porém, muitos empreendedores não sabem o que significa essa sigla e muito menos a sua função na administração do negócio. E é isso que vamos explicar no artigo de hoje.

GMV em inglês significa Gross Merchandise Volume, Volume Bruto da Mercadoria, em português. Esse valor é importante para vendas online, como delivery de restaurantes e tem como função identificar se o negócio está se mantendo saudável ou não. 

Existem duas fórmulas para calcular o GMV, cada uma com um objetivo de análise. A primeira é: GMV = Unidades Vendidas x Valor da Unidade. Já a segunda é: GMV = Número de Transações x AOV.

Explicaremos nesse artigo quando usar cada fórmula e qual o seu objetivo, assim como a maneira correta de analisar o valor.  Além disso, traremos algumas outras fórmulas e métricas que podem ser utilizadas juntas com o GMV.

Porém, antes de começarmos com o conteúdo, baixe a nossa planilha de Fluxo de Caixa, de forma gratuita! Basta apertar no banner abaixo!

Como calcular o GMV?

O cálculo do GMV, apesar de ser muito importante, é muito simples! Como dissemos na introdução, existem duas formas de calcular, com objetivos diferentes.

GMV de unidade específica

A primeira é focada em descobrir o desempenho da venda de um prato específico. O primeiro passo é definir qual o período de tempo que você quer descobrir o valor. No nosso exemplo, utilizaremos um mês.

Depois que definir o período, descubra quantas unidades do prato que você quer descobrir o GMV foram vendidas. Vamos imaginar 500 vendas. Agora, basta multiplicar esse número pelo preço do prato, que nesse caso será R$25. Confira a fórmula abaixo:

GMV = UNIDADES VENDIDAS X VALOR DA UNIDADE

GMV = 500 x 25

GMV = R$12.500

Está finalizado o cálculo. Isso significa que, durante o período de tempo separado, o lucro, de forma bruta, foi de R$12.500

Pronto, agora você já sabe como foi o desempenho desse produto durante o mês selecionado. Esse é o GMV de unidade específica.

GMV do negócio

Agora é hora de aprender a calcular o GMV do restaurante de maneira geral. Lembrando que esse valor é voltado para vendas por delivery.

De início, você precisa separar o número total de pratos vendidos durante o período de tempo selecionado. Após isso, é necessário identificar o ticket médio do restaurante, também conhecido como AOV.

O que é ticket médio ou AOV?

Ticket médio ou AOV é o valor médio que os clientes gastam em seu restaurante. O seu cálculo é bem simples. Basta dividir o total recebido por consumidores em um mês pela quantidade de pedidos feitos em sua loja nesse mesmo período.

No nosso exemplo, iremos supor que, em um mês, foram vendidos 10.000 pratos. Nesse mês, o ticket médio foi de R$50. Para descobrir o GMV, basta multiplicar esses dois valores. Veja:

GMV = NÚMERO DE PRATOS VENDIDOS X TICKET MÉDIO

GMV = 10.000 X 50

GMV = R$500.000

Desta forma, o GMV do negócio foi de R$500.000. Ou seja, a fatura bruta do mês escolhido foi deste valor. 

Quando aplicar cada fórmula?

Como já foi dito durante o artigo, cada uma dessas fórmulas tem uma função, então é hora de explicar quando aplicar cada uma delas.

A primeira fórmula, GMV de unidade específica, é focada no desempenho de vendas de apenas um prato específico, durante o período de tempo selecionado. 

A segunda fórmula, GMV do negócio, tem como função observar se as vendas online estão tendo um bom desempenho.

Pessoa calculando

Qual a importância do GMV?

O GMV é muito importante para o seu restaurante, apesar de não apresentar uma margem de lucro precisa. Como assim?

Essa fórmula indica o volume bruto das mercadorias vendidas. Ou seja, não desconta os gastos para produção, distribuição e com fornecedores, muito menos os custos fixos e os custos variáveis. Dessa forma, não é feito para analisar o lucro do restaurante.

No entanto, é uma excelente métrica de análise de crescimento. Pense que você tem como objetivo anual triplicar as vendas do seu negócio. Para descobrir se conseguiu ou não, basta comparar o GMV deste ano com o do ano anterior. 

Se estiver maior, quer dizer que seu negócio evoluiu bem. Se estiver mais alto do que a média, ou do que o esperado, é mais um ponto positivo.

Quais são as outras métricas de análise de desempenho?

Como já foi destacado, o GMV é uma métrica muito importante para o seu negócio. No entanto, combinando sua análise com algumas outras informações, as chances de problemas financeiros no seu restaurante baixam consideravelmente. 

CAC

A sigla CAC significa Custo de Aquisição do Cliente e se refere ao valor gasto para conseguir um consumidor para o seu restaurante. 

Esse valor normalmente é investido no marketing do seu negócio. Para descobrir o CAC do período de tempo desejado, basta dividir o valor gasto pela quantidade de clientes novos.

O resultado pode ser utilizado para avaliar a qualidade da propaganda do seu restaurante. Assim, você consegue aumentar ou diminuir o investimento na área de marketing. 

Ticket médio

Outra métrica importante a ser analisada é o ticket médio, que já explicamos durante o artigo.

A sua importância vai além de participar da fórmula do GMV. Por apresentar o valor médio gasto no seu restaurante, ela indica se os clientes estão dispostos ou não a pagar caro pelos seus pratos. Isso também pode ser um indicativo de qualidade do produto.

NPS

O NPS também é uma métrica relevante para descobrir a satisfação do cliente com o seu produto. 

A sigla significa Net Promoter Score e o objetivo é descobrir se o seu consumidor gostou da experiência no seu restaurante e se indicaria o negócio para outras pessoas.

Normalmente, essa pesquisa é feita após os clientes encerrarem os pedidos via delivery. Um pop-up aparece, onde o consumidor tem a chance de avaliar, normalmente de 1 a 10, e marcar se indicaria o seu restaurante.

Tempo gasto no site

Outra métrica importante é o tempo gasto no site. Essa é uma informação que pode ser obtida através de plataformas analíticas, como o Google Analytics.

Lá você pode descobrir quanto tempo em média os clientes passam dentro do seu site. Se esse número for muito baixo, ou seja, com uma grande taxa de rejeição, quer dizer que a página inicial não é atrativa ou não mostra o que os consumidores querem.

Dessa forma, é importante considerar fazer alterações no SEO do seu site. 

Automatize o seu restaurante com o sistema de gestão da Saipos

Existem alguns softwares de gestão que conseguem calcular diversas métricas que são muito importantes para a saúde financeira do seu restaurante, como o ticket médio, o relatório CMV e o cálculo DRE.

Além de receber isso, com uma ferramenta de gestão financeira de qualidade, como a Saipos, as tarefas administrativas são automatizadas e otimizadas. Dessa forma, você ganha tempo e qualidade na gestão.

O nosso software atua em diversas áreas de administração, diminuindo as chances de erros. Confira algumas das nossas funcionalidades:

  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Possibilidade de vender por meio do Site Delivery, o site próprio com pedido online e sem taxas;
  • Monitor KDS;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado.

Para acessá-lo, basta clicar no botão abaixo!

Baixe grátis: planilha de controle de vendas