ASSINE A NEWSLETTER • Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

📰 ASSINE A NEWSLETTER 📰 Mantenha-se atualizado sobre as novidades do food service. Quero assinar

Cloud Kitchen: entenda como funciona essa tendência do delivery!

Entenda tudo sobre Cloud Kitchen e faça parte da revolução no delivery

Uma Cloud Kitchen, ou “cozinha na nuvem”, é um espaço colaborativo onde mais de um chefe de cozinha, e sua equipe, podem trabalhar via delivery.

A ideia pode parecer complexa, mas na verdade contribui em diversas questões de negócio, inclusive nas finanças.

Isso porque, estando em uma Cloud Kitchen, o valor gasto com aluguel, energia e outros custos fixos é reduzido, pois é compartilhado entre outros ocupantes do lugar.

Investir em uma Cloud Kitchen é uma ação que pode ser dividida em diferentes formatos. Entrar em um espaço colaborativo e se vincular a uma cozinha na nuvem apresenta bons resultados e facilidades.

Outro ponto é que, para quem busca um investimento maior, é possível criar esse espaço para receber outros chefes, e garantir um retorno financeiro ainda mais alto.

Mas, como montar uma Dark Kitchen? Quanto custa? Quais são os desafios, vantagens e desvantagens? Neste texto você vai ver os principais pontos sobre essa tendência do delivery e tirar suas dúvidas.

Antes de seguir a leitura, preparamos um material completo com dicas para quem quer trabalhar com delivery e aumentar suas vendas. 

Aperte no banner e baixe agora mesmo!

6 perguntas e respostas sobre Cloud Kitchen

Analisamos as principais dúvidas que os donos de restaurante têm em relação às Cloud Kitchens, e agora você confere as respostas para as 6 perguntas mais frequentes. Confira!

  • Como funciona Cloud Kitchen?
  • É possível vender presencialmente e ter uma Cloud Kitchen?
  • Meu restaurante pode se transformar em uma Cloud Kitchen?
  • Posso criar uma Cloud Kitchen com várias marcas?
  • Quanto custa montar uma Cloud Kitchen?
  • Quais são os benefícios de uma Cloud Kitchen?

1 - Como funciona cloud kitchen?

 

As Cloud Kitchens, assim como as Dark Kitchens, são espaços destinados para a preparação de todos os pratos que um delivery vende. É lá onde tudo acontece, como a cozinha de um espaço físico com atendimento.

O diferencial é que não há nenhum tipo de contato com o cliente pessoalmente. Talvez você esteja se perguntando: mas qual a diferença entre uma cloud kitchen e um delivery convencional?

A principal diferença é que uma Cloud Kitchen pode ser compartilhada entre diversas marcas. Dessa forma, o seu negócio tem redução nos custos, já que os gastos podem ser também compartilhados.

O funcionamento de uma Cloud Kitchen tem exigências diferenciadas, quando comparadas a outros modelos de delivery convencionais. 

É que nesse contexto é necessário pensar o espaço, equipamentos e processos para que a agilidade seja a mais otimizada possível.

Uma Cloud Kitchen, por ser ocupada por diversos restaurantes, recebe um alto número de entregadores a cada hora, e esse volume é contínuo, já que cada marca tem suas demandas e horários de pico diferentes.

A tecnologia também é indispensável para garantir que o negócio dê certo. Para isso, é fundamental contar com um sistema para delivery e com uma logística de entrega que evite atrasos.

2. É possível vender presencialmente e ter uma Cloud Kitchen?

É possível sim! O que não pode acontecer é ter uma Cloud Kitchen com atendimento presencial. Se isso acontece, nem é possível chamar o restaurante por esse nome.

No entanto, nada impede que um empreendimento gastronômico tenha uma filial com capacidade de receber clientes, e uma Cloud Kitchen para o delivery.

Fazer essa separação em locais diferentes evita o tumulto com entra e sai de entregadores, além de garantir mais organização e clareza nos resultados.

3. Meu restaurante pode se transformar em uma Cloud Kitchen?

Para esta pergunta, a resposta também é sim! Muitos donos de restaurante têm espaços muito maiores do que o necessário, principalmente quando o negócio funciona em um espaço próprio, e não alugado.

Nesses casos, sabia que é possível ceder o local para outras marcas? Fazendo isso, além de manter a sua venda delivery da mesma forma, você cria uma Claud Kitchen própria.

Como dono desse modelo de negócio gastronômico, é possível lucrar com o aluguel de outras marcas, ou então, economizar com a manutenção de equipamentos, energia elétrica, água e outros custos.

4. Posso criar uma Cloud Kitchen com várias marcas?

Sim! Isso quer dizer que você pode, por exemplo, vender mais de um tipo de produto no seu delivery, mas com marcas diferentes.

É possível ter uma pastelaria, uma hamburgueria e um delivery de frango frito no mesmo local, cada um dos segmentos com um nome diferente, inclusive apostando em um delivery de bebidas em paralelo, criando uma “cozinha fantasma”.

O cliente não terá como saber que as três marcas são suas, e assim você consegue medir os resultados de cada nicho.

No entanto, é claro que para fazer isso você precisará avaliar muito bem quais os tipos de alimento que valem a pena serem vendidos, e ter noção de que quanto mais tipos de comida, mais funcionários são necessários.

Falando nisso, preparamos um conteúdo que mostra o que mais vende no ifood. Leia para descobrir!

5. Quanto custa montar uma Cloud Kitchen?

Para começar a trabalhar dentro de uma Cloud Kitchen, o investimento é muito menor do que aquele que seria necessário em um delivery tradicional.

Isso porque, geralmente, esses espaços já oferecem tudo que um restaurante precisa para começar a funcionar.

Estima-se que, em média, o valor de investimento gire em torno de ⅓ do que seria gasto na criação de um espaço para delivery.

Agora, se a sua ideia for criar uma Cloud Kitchen própria, para receber novos empreendedores, é necessário somar o custo de abertura de um delivery convencional e multiplicar pelo número de marcas que irão atuar no espaço.

 

 

 

6. Quais são os benefícios de uma Cloud Kitchen?

Uma Cloud Kitchen é um modelo de negócio que garante muitas vantagens para o seu negócio. Separamos as 5 mais importantes. Confira!

  • Muito mais economia;
  • Menos preocupações;
  • Otimização de tempo;
  • Tecnologia na gestão.

Muito mais economia

Um delivery, por si só, já possibilita o corte de gastos com diversas questões do dia a dia de um restaurante com atendimento presencial.

No caso de uma Cloud Kitchen, a economia é ainda maior, porque além de não ser necessário um salão de atendimento, a própria cozinha compartilhada já oferece toda a estrutura necessária.

É claro que é preciso pagar uma mensalidade, como forma de aluguel, mas ela geralmente inclui no valor tudo que é preciso para que a sua equipe possa somente entrar e trabalhar.

Menos preocupações

Se a economia é um ponto alto em uma Cloud Kitchen, a paz também poderá reinar na sua cozinha, graças a todos os problemas com os quais você não terá que se preocupar.

Isso inclui manutenções em equipamentos de uso coletivo e até reparos na estrutura. Tudo isso é responsabilidade do proprietário da cozinha compartilhada, e você poderá ficar tranquilo quanto a estes imprevistos.

Otimização de tempo

O espaço de uma Cloud Kitchen é pensado para que todas as marcas tenham no seu local de trabalho autonomia e agilidade.

Sendo assim, você terá acesso facilitado a tudo que precisa para desempenhar seu trabalho e garantir pratos deliciosos para seus clientes.

Além do mais, por ser um local onde tudo funciona de forma interligada, a logística de entrega pode ser padronizada, oferecendo mais qualidade no serviço e rapidez para que o alimento chegue rapidamente ao cliente.

Tecnologia na gestão

Uma Cloud Kitchen é tecnológica em sua essência. Sem uma gestão moderna e eficiente, é impossível que uma cozinha compartilhada funcione. 

Geralmente, as Dark Kitchens já recebem os deliveries com um sistema integrado que atende todas as equipes. Isso garante um custo menor para manter o sistema funcionando e facilita o controle dos resultados de cada equipe.

Parceria com apps de delivery é fundamental

Por ser um negócio totalmente digital, é necessário estar vinculado aos apps de delivery, e o ideal é que não se escolha apenas um.

Isso porque já aconteceu de algumas plataformas, como o iFood, passarem por instabilidades, prejudicando donos de restaurantes.

Mas como estar em mais de um app sem se prejudicar com as altas taxas? A Saipos preparou um Comparador de Aplicativos Delivery - o primeiro do Brasil! 

Com ele você consegue analisar claramente quais são as melhores opções. Aperte no banner abaixo e acesse grátis!

COMPARADOR APPS DELIVERY
COMPARADOR APPS DELIVERY
Saiba todas as taxas e escolha o melhor aplicativo de entregas para seu restaurante!
ACESSAR COMPARADOR

A Saipos é a melhor opção em tecnologia para restaurantes

Como você viu ao longo do texto, tecnologia para restaurante é indispensável em uma Cloud Kitchen.

Para gerir todas as etapas de gestão de um delivery com eficiência é necessário um sistema para restaurante. Acredite, tocar isso sozinho e manualmente é o grande erro da maioria dos estabelecimentos.

Por meio do Sistema Saipos, você vai planejar seu negócio para não perder vendas, controlar quais os itens mais vendidos, aprimorar a comunicação entre todos os setores do seu negócio, aumentar a produtividade, além de deixar o cliente satisfeito.

Além disso, você evita e reduz prejuízos consequentes de desvios ou perda de validade dos produtos. 

Além de tudo, a Saipos é o sistema para delivery que mais integra com outros apps de delivery no mercado!

Acredite, ter uma gestão é o segredo para um empreendimento competitivo. 

Confira alguns dos benefícios do melhor sistema de gestão para restaurantes do Brasil:

  • Controle de estoque para lançar, em tempo real, tudo o que saiu e o que entrou;
  • Possibilidade de vender por meio do Site Delivery, o site próprio com pedido online e sem taxas;
  • Monitor KDS;
  • Integração com os principais apps de delivery;
  • Impressão de comandas e cupons fiscais em mais de uma impressora ao mesmo tempo;
  • Gestão de clientes por meio de relatórios com dados e preferências da base;
  • PDV personalizado, permitindo que você atualize cardápio e outras informações sempre que necessário;
  • Gestão de pedidos e controle de motoboys;
  • Diferentes módulos, para Delivery, Balcão, Mesas ou Senha;
  • Comanda eletrônica e gestão de garçons.

Quer saber mais sobre a Saipos? Aperte no banner abaixo e assista uma demonstração:

Tainara Braga - Graduanda de Jornalismo, Analista de Marketing e Redatora SEO.
Escrito porTainara Braga

Graduanda de Jornalismo, Analista de Marketing e Redatora SEO.

BAIXE GRÁTIS: 8 dicas para migrar para o Delivery!